A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/02/2016 08:16

Na volta às aulas, Reinaldo destaca entrega de kits e uniformes aos alunos

Leonardo Rocha e Luana Rodrigues
Reinaldo Azambuja entrega material escolar a estudante, na manhã desta segunda. (Foto: Marcos Ermínio)Reinaldo Azambuja entrega material escolar a estudante, na manhã desta segunda. (Foto: Marcos Ermínio)
Governador durante entrega simbólica de kits escolares em escola no bairro Buriti (Foto: Marcos Ermínio)Governador durante entrega simbólica de kits escolares em escola no bairro Buriti (Foto: Marcos Ermínio)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), disse na manhã desta segunda-feira (29) que durante sua gestão os kits escolares e uniformes sempre serão no primeiro dia do ano letivo. Ele fez a entrega simbólica de cinco unidades na Escola Estadual Olinda Conceição Teixeira Bacha, que fica no bairro Buriti, em solenidade que marcou o começo das aulas na rede estadual de ensino.

Reinaldo afirmou que, mesmo com as dificuldades financeiras, sua equipe fez um planejamento orçamentário para compra dos kits escolares e uniformes, entregues em dia para as 365 escolas estaduais, assim como merenda disponível nas cantinas. "Acho que não basta o Estado ter o maior salário do país, temos que ter também o melhor ensino", completou, ressaltando o fato de, na semana passada, o governo ter oficializado reajuste salarial de 11,36% aos professores.

O tucano ressaltou que já exitem obras em 37 municípios, para conter os estragos da chuva, que poderiam atrapalhar as aulas em escolas rurais, em função de problemas nas estradas, no entanto ponderou que sobre últimos acontecimentos, precisa esperar a chuva parar. "Quando o tempo permitir e a chuva diminuir, os trabalhos vão começar, com os devidos reparos e novos acessos aos locais afetados".

Reinaldo fez um compromisso que durante sua gestão, todo ano os kits serão entregues no 1° dia de aula, pois assim se valoriza a educação em Mato Grosso do Sul, dando as condições necessárias aos profissionais e também aos estudantes.

Evelise Ribeiro, diretora da Escola Olinda Conceição, disse que a entrega em dia deste material permite que os alunos não sofram "bulling", assim como ajuda na economia financeira dos país. Sobre os uniformes, lembrou que se trata de uma medida de segurança, para identificar os alunos das escolas.

A secretária estadual de Educação, Maria Cecília Amendola, passou os dados oficiais, dizendo que se tratam de 239 mil alunos, com 18 mil professores, já contando com 360 efetivos que foram chamados no ano passado, com a entrega de mais de 300 mil kits escolares e 600 mil uniformes.

Ela ainda comunicou que como o começo das aulas foi adiada em duas semanas, o trabalho escolar será reposto aos sábados e vésperas de feriado, que antes teriam datas prolongadas, mas nestes dias só os profissionais de educação é que vão trabalhar, sem a presença dos estudantes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions