A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/02/2008 18:45

Negada liminar a jovem que tentou matar 2 em São Gabriel

Redação

O desembargador João Batista da Costa Marques, da 1ª Vara Criminal, negou na sexta-feira (1º de fevereiro), liminar em hábeas corpus impetrada por Pedro Menuci, 19 anos. Ele é acusado de tentativa de homicídio em São Gabriel do Oeste, a 149 quilômetros de Campo Grande, e foi preso em Itapema, litoral de Santa Catarina dia 29 de janeiro.

A defesa dele tentou coloca-lo em liberdade, mas a Justiça negou o pedido. Pedro deve ser transferido para Campo Grande nesta semana.

Ele atropelou Amilton Balbino e Valderi Morbeque Matos por volta de 3 horas do dia 15 de dezembro em uma estrada vicinal do município. O jovem, as duas vítimas e um adolescente tinham recém saído de uma boate.

Pedro conduzia um Golf de cor prata e tinha o adolescente como passageiro. Ele decidiu seguir Amilton e Valderi que estavam em uma motocicleta. As duas vítimas entraram na estrada vicinal, Pedro deu luz alta com o carro e todos pararam.

Após uma discussão e um suposto entendimento, os quatro seguiram. No entanto, Pedro decidiu matar Amilton e Valderi. O adolescente relatou à polícia que a intenção de Pedro era matar os dois.

Ele bateu o carro na moto, entrou em uma lavoura de soja, retornou, e quando as duas vítimas já estavam caídas, passou por cima e foi embora. Amilton e Valderi ficaram gravemente feridos. Pedro estaria embriagado.

Após a tentativa de homícidio, que aconteceu na madrugada de sábado, ele ficou de se apresentar à polícia, mas não compareceu. Na segunda-feira após o crime foi decretada a prisão preventiva dele.

Os advogados dele entraram com pedido de habeas corpus em caráter liminar, que foi concedida pelo desembargador João Batista da Costa Marques, dia 19 de dezembro. O desembargador alegou que não havia recebido todas as informações sobre o caso.

O MPE (Ministério Público Estadual) entrou com agravo regimental. O hábeas corpus foi julgado e a defesa perdeu por unanimidade, seguindo parecer do MPE. Com isso a liminar foi cassada e expedido um novo mandado de prisão. Pedro alegou que estava fazendo tratamento psicológico, mas a Polícia Civil de São Gabriel do Oeste, responsável pelas investigações, descobriu que ele estava na praia. Fez contato com a polícia da cidade, e Pedro foi preso.

Ele foi denunciado em 10 de janeiro pelo crime de tentativa de homicídio. O interrogatório está marcado para 17 de junho.

 

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions