A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

29/10/2010 08:44

No lixão, alunos aprendem a conservar meio ambiente

Redação

Um grupo de 60 alunos da Escola Municipal Carlos Vilhalva Cristaldo, localizada no Jardim Aeroporto, conheceu hoje o lixão de Campo Grande, no bairro Dom Antônio Barbosa. O objetivo da visita foi despertar a consciência ambiental dos estudantes a preservar o meio ambiente e reciclar o lixo.

Elvis Rangel da Silva, pai de aluno que estuda no colégio, é coordenador do projeto "Um Ambiente Saudável se faz Reciclando", que começou a ser desenvolvido no início deste mês. Ele também frisa que, fora essa iniciativa, outras são realizadas na escola do Jardim Aeroporto, que tem 600 alunos matriculados.

Para a visita ao lixão, nesta quinta-feira, foi feito sorteio na escola. A empolgação para conhecer o local era muito grande por parte de todos os alunos contemplados.

Mas, conforme o estudante Luan dos Santos, 12 anos, "eu tinha uma noção de mais ou menos como era o lixão, mas quando cheguei aqui eu vi outro mundo, um mundo de tristeza". Participante do projeto, ele e alguns colegas se empenharam em coletar pelas ruas do bairro em que mora várias garrafas de plástico, bem como outros objetos recicláveis.

No dia 19 de outubro, a reportagem do Campo Grande News foi até a escola e constatou 5460 unidades de materiais recicláveis. Elvis conta que o a coleta do material é apoiada pela APM (Associação de Pais e Mestres) e objetiva formar multiplicadores ambientais.

"Ensinamos os alunos sobre processos de reciclagem, que podem começar a ser feitos em casa, através de simples iniciativas, como separação de materiais recicláveis de outros produtos jogados no lixo. Muitos estudantes já estão se conscientizando", ressalta Elvis.

Lições - A estudante Bruna de Oliveira, 12 anos, reconhece que aprendeu várias lições por meio do projeto. "Eu mobilizei toda a minha família para me ajudar. Também reuni um grupo de amigas para coletar materiais recicláveis pelas ruas do meu bairro".

Já o aluno Allan Kennedy Valenzuela, 12 anos, explica que o projeto despertou sua consciência para a preservação do meio ambiente. Ensinamento que foi repassado por ele para alguns amigos, quando todos foram coletar materiais despejados num córrego do Jardim Aeroporto, bairro em que moram.

As iniciativas ambientais há tempos vêm sendo encaradas pelos alunos da escola como primordiais. Elas começaram a ser desenvolvidas no local pela professora de gestão ambiental, Maria Higa.

Após a visita ao lixão, os alunos seguiram em ônibus escolar até o Ecoponto do Jardim Bálsamo, que recebe produtos recicláveis.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions