A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/01/2009 12:51

Número de denúncias de violência doméstica cresce 32%

Redação

O número de denúncias, pedidos de informação e relatos de violência à Central de Atendimento à Mulher saltou de 204 mil para 269 mil entre 2007 e 2008, um aumento de 32%.

Na avaliação da ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire, a divulgação da Lei Maria da Penha foi a principal responsável pelo crescimento das notificações.

"A sociedade ficou mais atenta depois da Lei Maria da Penha. Esse é, inclusive um dos maiores benefícios da lei: ter provocado essa discussão. Quando se conhece a violência, mais gente busca informação e direitos", avaliou a ministra.

De acordo com o levantamento da secretaria, a busca por informações específicas sobre a lei aumentou 245%. Em 2008 foram registrados 117,5 mil atendimentos contra 9 mil no ano anterior.

Segundo a ministra, a aplicação da lei ainda encontra "resistência cultural" em alguns setores, que questionam, por exemplo, a constitucionalidade da regra. A alegação é de que o dispositivo fere a igualdade entre homens e mulheres prevista na Constituição Federal.

"Algumas pessoas afirmam isso, mas ninguém comprova. Tanto que até não há nenhuma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a Lei Maria da Penha no Supremo Tribunal Federal.

Justiça do Trabalho faz acordos de R$ 6,5 milhões no Estado
A Justiça do Trabalho teve 355 acordos que somaram R$ 6.512.934,87 durante a Semana da Conciliação em Mato Grosso do Sul. Na iniciativa, realizada en...
Ministério da Saúde suspende incentivos da atenção básica em MS
O Ministério da Saúde suspendeu, nesta sexta-feira (15), repasse extra à atenção básica para sete municípios de Mato Grosso do Sul. Isso porque eles ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions