A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/07/2013 17:42

Obra do aeroporto que suspenderá voos noturnos custará R$ 12 milhões

Jéssica Benitez
Aeroporto deverá remanejar ou cancelar voos à noite (Marcos Ermínio/Arquivo)Aeroporto deverá remanejar ou cancelar voos à noite (Marcos Ermínio/Arquivo)

A reforma na pista do Aeroporto Internacional de Campo Grande custará pouco cerca de R$ 12 milhões, segundo estimativa da Infraero (Empresa Brasileira Infraestrutura Aeroportuária). O edital publicado no Diário Oficial da União no início deste mês prevê a contratação de empresa para efetuação da obra que deve recuperar os 2.600 metros de pista, além de instalação de ranhuras e restauração do pátio de aviação geral.

A empreiteira responsável por executar as mudanças será escolhida por meio de processo licitatório na modalidade concorrência. A abertura está prevista para o próximo dia 13, sendo que a escolhida terá que respeitar cronograma de 240 dias para finalização do trabalho a ser realizado em três etapas para não atrapalhar a movimentação no aeroporto.

A primeira deve ser executada entre o dia 1° de setembro e 20 de outubro. Neste período pousos e decolagens não serão realizados entre às 21h e 7h (horário local). Na segunda etapa, de 15 de outubro a 15 de novembro, serão realizados serviços nas pistas de manobra "C", "D" e "E".

Por fim, na terceira etapa de obras, prevista para o período entre 15 de novembro 13 de janeiro de 2014, será executada a instalação das ranhuras na pista principal, o que interditará a via entre 23h e 5h. As melhorias serão feitas para otimizar e dar mais segurança às operações de pouso e decolagem. O cronograma foi definido após várias reuniões entre empresas aéreas, Anac (Agência Nacional de Aviação Civil e Decea (Departamento de Controle do Espaço Aéreo).

Reforma – A sala de desembarque do aeroporto já está sendo ampliada. Após ficar cinco meses parada, a obra no início do mês. Em fevereiro deste ano, a empresa que ganhou a licitação, Catenária Engenharia de Diagnostico e Patologias, abandonou a obra antes de concluí-la.

Quem assumiu a ampliação foi a Gomes e Azevedo Ltda, que ficou como segunda colocada no processo licitatório. A previsão é de que a obra seja concluída em novembro deste ano. De acordo com a assessoria de imprensa da Infraero, a obra começou em setembro do ano passado e tinha previsão de que fosse concluída em quatro meses.

Contudo, a empresa Catenária concluiu somente reforma do banheiro do aeroporto e iniciou a ampliação da sala de desembarque, deixando-a pela metade. Pelo serviço feito, a Catenária recebeu R$ 46,3 mil. No total, O contrato tem valor de R$ 1.257.292,64. Conforme a Infraero, a atual sala de desembarque do aeroporto vai dobrar de tamanho, além da implantação de mais uma esteira de bagagem para agilizar a saída dos passageiros.



O Aeroporto de Campo Grande ta bem feio mesmo, se tratando de uma Capital, pois esta parecendo Aeroportos Secundarios de Estados até mesmo menores e mais pobres que MS. Parece até uma Rodoviaria, me desculpem, mas quem conhece outros lugares sabem que ta complicado esse Aeroporto.
 
Marcos Said em 09/10/2013 08:45:48
Esse nosso aeroporto faz parte da comédia chamada Infraero, só que com agravantes: cortaram nos últimos 2 anos diversos horários de voos e colocaram quase todos desembarcando à noite no mesmo horário com um setor de desembarque que é uma piada.
 
Ivan Pereira em 31/07/2013 08:11:02
O sistema de ar condicionado não funciona, há varios meses, vou esperar minha familia no aeroporto de campo grande ms e esta o maior calor, precariedade total, cade a taxa de embarque que pagamos, vai so para os bolsos da corrupção, sem falar na obra da sala de desembarque que ja dura mais de ano, tomará que não demore muito as obras da pista, se não nossas ferias, teremos que usar carro em vez de avião com esse monte de vôos cancelados, e alta nos preços que vai ter, por pouca oferta de vôos.

 
Giuliano dias em 27/07/2013 07:54:58
O AEROPORTO DE CAMPO GRANDE SE TRATANDO DE TERMINAL É UMA VERGONHA!!...O GOVERNO FEDERAL ATRAVÉS DA INFRAERO NÃO TEM VONTADE POLÍTICA PARA MELHORAR O TERMINAL ANTIGO E PEQUENO QUE SÓ PASSA POR PEQUENAS REFORMAS E "PUXADINHOS".
TAL COMO EM TRÊS LAGOAS ACREDITO QUE O AEROPORTO MUNICIPAL SANTA MARIA PODERIA TER INVESTIMENTOS MAIORES E TRANSFERIR O TRÁFEGO CIVIL DO INTERNACIONAL PARA LÁ E PASSAR A ADMINISTRAÇÃO ESTADUAL.
 
Paulenir de Barros em 27/07/2013 04:33:55
É lamentável um aeroporto internacional não ter um plano B para suprir a demanda, viajo toda semana a trabalho e sempre tenho que vir em voos após as 22:00, que vêm lotados, os coronéis tem que fazer alguma coisa, isso não existe. o preços das passagens destinadas a este destino se elevarão ao extremo.
 
Augusto Freire Hajam em 26/07/2013 23:31:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions