A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

13/12/2011 19:00

Pai e filha ganham prêmio de gestão pública em concurso da Escola Governo

Edmir Conceição

Trabalho sobre controle social deu aos professores José Estevão Moraes Palma e Aline Tostes Palma Barbosa, pai e filha, a primeira colocação no VII Prêmio Sul-mato-grossense de Gestão Pública, na categoria Acadêmica. O concurso para seleção de trabalhos é da Escola de Governo. A entrega da premiação será feita pelo governador André Puccinelli na quinta-feira, às 9h, no auditório da Governadoria.

José Estevão e Aline Tostes Palma venceram com o trabalho “Mapeamento de competências para capacitação de conselheiros de políticas públicas de saúde”. Ambos vinham estudando esse tema desde 2006 e já ministraram cursos para mais de 200 conselheiros em Campo Grande.

“Acreditamos que é o controle social, mediante participação competente de representantes da sociedade, que poderemos assegurar qualidade nas políticas e serviços públicos no Brasil, cuja Constituição de 1988 criou dispositivos legais para uma democracia participativa e não só representativa, e isso devemos fazer como cidadãos conscientes”, diz o professor José Estevão.

O resultado do VII Prêmio Sul-mato-grossense de Gestão Pública foi publicado na edição de terça-feira (6) do Diário Oficial do Estado. Conforme o Edital nº 5/2011, divulgado pela Fundação Escola de Governo de Mato Grosso do Sul e Secretaria de Estado de Administração (SAD), os trabalhos premiados em cada uma das três categorias foram:

“Categoria Acadêmica”, 1º lugar: “Mapeamento de competências para capacitação de conselheiros de políticas públicas de saúde”, de autoria de José Estevão Moraes Palma e Aline Tostes Palma Barbosa;

2º lugar: “Implantação do projeto PROCON perto de você em Campo Grande/MS: uma proposta de descentralização do atendimento ao consumidor”, da acadêmica da UCDB, Rogéria Fonseca Victória;

3º lugar: “Controle Social, como sinônimo de cidadania e responsabilidade social”, do servidor público estadual Carlos Eduardo Galvão de Alencar.

Na categoria “Práticas Inovadoras – Gestão Municipal”, o 1º lugar ficou para o trabalho: “Coleta seletiva uma alternativa para a questão socioambiental”, de Maria Aparecida Furtuoso Gomes.

2º lugar: “Ambulantes de Jardim”, de João de Souza Vieira.

3º lugar: “Serviços de malote dentro do protocolo da Semed”, de Rosemeire Leal Oliva Klafke.

Na terceira modalidade: “Práticas Inovadoras – Gestão Estadual”, o 1º lugar ficou o trabalho: “Fabricação de brinquedos infantis destinados a crianças carentes de centros educacionais e instituições de caridade, confeccionados por internos da penitenciária de Três Lagoas a partir de recortes de madeiras doadas por instituição privada”, de Paulo Sérgio Vieira; 2º lugar: “SAID – Serviço de Atendimento e Internação Domiciliar do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul”, de Elizabete Dutra de Andrade Duarte; 3º lugar: “Implementação de metodologia para análise botânica em carvão vegetal”, de Mariana Pereira Ribeiro.

O Prêmio – O concurso tem como objetivo valorizar o cidadão e o servidor reconhecendo suas ideias e práticas que contribuem para a modernização da gestão.

Os classificados em primeiro lugar nas categorias “Acadêmica” e “Práticas Inovadoras - Gestão Estadual” receberão R$ 5,5 mil. Os prêmios para os segundos colocados serão de R$ 3 mil e para os terceiros, R$ 1,5 mil. Já na categoria“Práticas Inovadoras - Gestão Municipal” os autores do melhor trabalho de cada faixa de premiação receberão R$ 4 mil.

Os trabalhos inscritos foram analisados pela comissão julgadora formada por representantes de cada universidade parceira com titulação mínima de mestrado. São professores com mestrado e doutorado - Dario de Oliveira Lima Filho (UFMS), Heitor Romero Marques (UCDB), Roberto Ortiz Paixão (UEMS) e Maria Aparecida Farias Nogueira (UFGD).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions