A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

13/10/2011 17:31

Para voar em julho, passageiros pagaram 1/3 do que pagavam em 2002

Edmir Conceição*

Em julho de 2011, os passageiros brasileiros pagaram aproximadamente 1/3 do valor que pagavam há nove anos para voar em território nacional. As informações são do relatório de Tarifas Aéreas da ANAC, divulgado hoje e disponível no endereço http://www2.anac.gov.br/estatistica/tarifasaereas.

O Yield Tarifa Aérea Doméstico (valor médio que o passageiro paga para voar 1 km em território nacional) atingiu, em julho de 2011, a marca de R$ 0,27, contra R$ 0,81 registrado no mesmo mês em 2002. Em relação a julho do ano passado, a redução foi de 24%.

A Tarifa Aérea Média Doméstica (valor médio pago pelo passageiro por uma viagem aérea em território brasileiro) foi de R$ 223,41 em julho de 2011. Em relação a julho de 2010, verificou-se uma redução da ordem de 22% no valor deste indicador.

Os preços do transporte aéreo doméstico de passageiros de julho de 2011 foram os menores desde 2002, ano em que se iniciou a série de dados de tarifas aéreas domésticas.

Metodologia - Os valores apresentados são calculados com base nos dados das tarifas comercializadas pelas empresas aéreas, mensalmente registradas na ANAC, e são atualizados pelo IPCA – índice oficial utilizado pelo governo brasileiro para medir a inflação – até o mês mais recente apresentado no Relatório de Tarifas Aéreas.

São considerados os dados dos bilhetes de passagem do transporte aéreo doméstico regular de passageiros comercializados junto ao público em geral, independentemente de escalas ou conexões, e desconsiderados os bilhetes oferecidos gratuitamente, os decorrentes de programas de fidelização (milhas) e os vinculados a pacotes turísticos, a tarifas corporativas, a tarifas diferenciadas oferecidas a empregados e a tarifas diferenciadas de crianças.

(*) Com informações da Anac

Criança de 3 anos que se afogou em piscina melhora em hospital
A menina de três anos que chegou à Santa Casa em estado grave depois de se afogar em uma piscina na tarde de domingo (20), apresentou melhora e não p...
Maioria concorda com demarcações sob o crivo do Ministério da Agricultura
Você concorda que a demarcação de terras seja responsabilidade do Ministério da Agricultura? Foi esta a pergunta feita pelo Campo Grande News nesta s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions