A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Abril de 2018

18/12/2017 18:39

Pecuarista é multado em R$ 12 mil por derrubada ilegal de árvores

Desmatamento ocorreu dentro de área de proteção permanente em Rio Verde, em local preservado por lei

Humberto Marques
Derrubada de árvores ocorreu em área de preservação permanente. (Foto: PMA/Divulgação)Derrubada de árvores ocorreu em área de preservação permanente. (Foto: PMA/Divulgação)

Uma equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) de São Gabriel do Oeste descobriu um local de exploração ilegal de madeira nativa nesta segunda-feira (18) em Rio Verde –a 207 km de Campo Grande. Em vistoria no local, uma propriedade particular, o destacamento verificou a derrubara de 25 árvores de grande porte em uma APP (área de proteção permanente) sem autorização ambiental.

No local, constatou-se a derrubada de duas árvores da espécie aroeira (protegida por lei), 20 angicos, dois ipês e um jatobá. As árvores estavam em área de encosta de morro, com inclinação acima de 45º –o que torna a área também resguardada pela legislação.

O proprietário da área, identificado como um pecuarista, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 12,5 mil. Ele ainda responderá por crime ambiental com pena de um a três anos de detenção. Além disso, conforme a assessoria da PMA, terá de apresentar um Prada (Plano de recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas) junto ao órgão ambiental.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions