A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/07/2010 18:55

Piloto sequestrado e levado a Bolívia retorna a MT

Redação

Foi libertado nesta segunda-feira, em San José de Chiquitos, na Bolívia, o piloto mato-grossense Clymer de Souza Portela, 60, sequestrado na semana passada durante um vóo que saiu de Rondonópolis e seguiria para Cáceres, em Mato Grosso.

Ele pilotava o bimotor Sêneca II, prefixo PT-EZC, segundo informações do site Mídia News. Quando pegou um passageiro em Rondonópolis, na tarde de sexta-feira (2), este anunciou o assalto e ordenou a mudança de itinerário.

Por conta disso, Clymer foi obrigado a pousar em San José de Chiquitos. Ele permaneceu na cidade boliviana por mais de 60 horas em cárcere privado e sendo ameaçado por bandidos. Hoje, ao ser libertado, chegou à tarde em Corumbá, de onde pegou avião para Cuiabá.

De acordo com o dono da empresa, depois de solto, Clymar conseguiu ajuda e chegou até Porto Soares, onde fez contato e conseguiu ser resgatado. Já em território brasileiro, o piloto voou para Cuiabá onde se concentram as investigações. O avião roubado ainda não foi localizado.

A Polícia Civil está investigando quais foram os crimes cometidos nesse caso, já que não houve pedido de resgate, como acontece nos sequestros. No entanto, os policiais trabalham com as hipóteses de roubo e restrição de liberdade.

Caso - A Abelha Táxi Aéreo foi contratada para fazer o transporte de uma pessoa saindo de Rondonópolis. O passageiro, que seria um advogado, decidiria se o destino seria Cuiabá ou Cáceres.

Ele embarcou no bimotor Sêneca II, PT-EZC, que tem autonomia para 4h30 de voo e capacidade para transportar seis pessoas. Na contratação, não houve exigência com relação ao modelo da aeronave. Depois da decolagem, não houve mais contato e o piloto só foi libertado três dias depois. (Com informações do Midia News).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions