A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

03/11/2010 10:08

PM considera declaração de sindicalista precipitada

Redação

O Comando da Polícia Militar rebateu a crítica do Sindicato dos Agentes Penitenciários de que imprudência de policial teria levado a tiro que feriu um oficial da Agepen na manhã de hoje.

Na avaliação da PM, a declaração do presidente da entidade, Fernando Anunciação, é "precipitada e intempestiva".

Na avaliação do Comando, o sindicalista não é perito criminal para apontar erros ou responsáveis pelo ferimento do agente Lucio dos Santos, baleado na perna.

Segundo assessoria de imprensa da PM, inquérito policial militar já foi aberto e todos os policiais militares de plantão nesta quarta-feira na Máxima já foram ouvidos nesta manhã sobre a operação para evitar a fuga de 2 presos do pavilhão 8.

A Polícia Militar considera fundamental o trabalho dos PMs durante a tentativa e que só os tiros conseguiram impedir que os detentos escapassem e fazer com que os agentes os recolhessem novamente para as celas.

A PM garante que qualquer falha detectada durante o inquérito policial será punida.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions