A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/03/2008 13:13

Polícia ainda não identificou assassino de tatuador

Redação

A Polícia Civil ainda não tem suspeitas sobre a autoria da execução do tatuador Luciano Estevão dos Santos, o Jhonny, ocorrida no fim da tarde desta terça-feira. As primeiras investigações foram feitas pela Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e o caso está agora com a 1ª Delegacia. O retrato falado que pode ajudar na identificação, ainda não foi feito.

O assassino chegou no ateliê de Jhonny e chamou por ele. O recepcionista o levou até a sala onde o tatuador estava e presenciou o crime. Os dois foram obrigados a deitar e Jhonny foi executado com dois tiros nas costas.

O assassino teria dito ao tatuador que a morte dele havia sido encomendada. No velório dele, realizado desde a noite de ontem, amigos e parentes tentam entender o porque do assassinato. O sepultamento está marcado para as 16 horas no cemitério Memorial Park.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions