A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

22/07/2014 17:35

Policia goiana prende em Campo Grande suspeito de crime de estelionato

Ludyney Moura

A Polícia Civil de Goiás prendeu, entre a última quinta-feira (17) e ontem (21), sete suspeitos de fazerem parte de uma quadrilha suspeita do crime de estelionato praticados na região do município de Rio Verde de Goiás, distante 232 km de Goiânia. Um dos detidos estava foragido em Campo Grande.

O delegado responsável pelo caso, Danilo Proto, revela que a quadrilha arrecadou cerca de R$ 2,5 milhões usando a documentação de produtores rurais para conseguirem financiamento de veículos junto a instituições financeiras. O suspeito preso em Campo Grande tinha familiares na cidade, e foi encontrado com ajuda da polícia do Estado. 

“O que liga o fato a Campo Grande é a prisão de um suspeitos, que estava foragido na Capital de Mato Grosso do Sul. Ele era um dos líderes do esquema, e juntamente com outro suspeito era responsável por levantar a documentação das vítimas, e por providenciar as contas dos laranjas para depósito do dinheiro”, explica Proto.

O delegado diz ainda que já solicitou o recambiamento (movimentação de réu preso entre entes da Federação) do suspeito detido em Campo Grande. “Além do mandado de prisão aqui de Goiás, ele tem um outro em aberto do Rio Grande do Sul, por homicídio”, revela.

Todas as vítimas eram da região de Rio Verde de Goiás, e procuraram a polícia local depois que começaram a receber em casa, os boletos com a cobrança de financiamento de veículos que nunca fizeram. A polícia investiga a participação de servidores do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Goiás, e de funcionários de concessionárias de veículos do interior goiano.

Os integrantes da quadrilha, cujas identidades ainda estão em sigilo, devem responder por estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documentos e associação criminosa. Um estudante de medicina está entre os presos.

Justiça condena servidores que praticavam estelionato em INSS de Dourados
Após a denúncia do MPF (Ministério Público Federal), a quadrilha que agia dentro do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), durante os anos de 20...
Mulher é condenada pelo Tribunal de Justiça por estelionato
O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul condenou nesta sexta-feira (28) uma mulher pelo crime de estelionato por cinco vezes e por uma tentativa ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions