A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

29/10/2009 21:58

Polícia identifica ladrão morto, mas não faz perícia

Redação

Foi identificado como Waldeir Madureira Kruki, 33 anos, o ladrão morto hoje à tarde pelo policial militar Igor Aguirre Galeano, segundo policiais civis. O assassinato aconteceu na rua Voluntários da Pátria, quase esquina com avenida Manoel da Costa Lima, na Vila Piratininga.

Conforme boletim de ocorrência registrado às 21h46 no Cepol (Centro de Polícia Especializada da Capital), equipe da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) compareceu ao local do crime para efetuar levantamento preliminar. Contudo, havia alteração no lugar, que não foi preservado, conforme a ocorrência.

Consta que a PM (Polícia Militar) recolheu duas armas, sendo uma usada por Galeano e outra em poder de Waldeir. Como o local estava comprometido, os policiais da Derf decidiram não seguir com os levantamentos.

Ainda segundo registrado no boletim de ocorrência, os objetos encontrados no local seriam encaminhados à Corregedoria da PM, já que o autor do crime é policial e estava de folga.

O crime - O corpo de Kruki tinha 11 perfurações, mas o número não revela a quantidade de disparos, porque algumas balas atravessaram o peito e o braço dele.

Segundo testemunhas, Kruki chegou caminhando e anunciou o assalto dentro da Elétrica Galeano, que pertence ao pai do policial. Com revólver calibre 38, ele rendeu uma pessoa e pediu as chaves e o capacete da motocicleta do policial militar, uma Titan.

Quando fugia da elétrica, já na moto, o PM atirou contra ele. O ladrão caiu no meio da rua.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions