A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

25/11/2010 21:34

Polícia prende 10 pescadores e apreende 25 kg de pescado

Redação

Durante a piracema, que teve início no dia 5 de novembro, a PMA (Polícia Militar Ambiental) prendeu dez pescadores e apreendeu 25 kg de pescado e petrechos proibidos.

A piracema é a época de reprodução dos peixes, em que a pesca é proibida.

Em entrevista ao site governamental Noticias.MS, o chefe de comunicação da PMA, Capitão Ednilson Queiroz, disse que todo o efetivo, com 352 policiais, foi usado para combater a pesca predatória.

"Eles estão trabalhando em regime de plantão nos postos avançados montados próximos à cachoeiras e corredeiras de rios do Estado", afirmou.

A pesca permanece proibida até o dia 28 de fevereiro de 2011, em todos os locais. Na Bacia do Paraguai será permitida somente a pesca de subsistência para o morador ribeirinho.

No rio Paraná, a piracema teve início no dia 1º de novembro e também terminará no dia 28 de fevereiro do próximo ano. Na bacia do Paraná fica permitida a pesca de dez quilos de pescado mais um exemplar de peixes não nativos e exóticos como tucunaré, porquinho e tilápia, somente nos lagos das Usinas do rio Paraná.

A multa prevista para quem vende ou pesca durante a piracema vai de R$ 700 a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20,00 por quilo do produto. Além da multa, o infrator será autuado por crime ambiental.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions