A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

03/10/2017 17:55

Presença de brasileiros no Mais Médicos cresceu 44%, diz Ministério da Saúde

Paulo Nonato de Souza
Chegada de médicos cubanos ao Brasil, no auge da proposta de fixar médicos brasileiros ou estrangeiros na rede pública de saúde de municípios do interior e nas periferias das grandes cidades Chegada de médicos cubanos ao Brasil, no auge da proposta de fixar médicos brasileiros ou estrangeiros na rede pública de saúde de municípios do interior e nas periferias das grandes cidades

A participação de brasileiros no programa Mais Médicos cresceu 44% no último ano, anunciou o Ministério da Saúde nesta terça-feira, 03, durante entrevista coletiva do ministro Ricardo Barros, em Brasília.

De acordo com os números apresentados pelo ministro, o programa saltou de 5.765 profissionais em 2016 para 8.316 em 2017. O maior incremento se deu pela participação de brasileiros formados no exterior, ou seja, de 1.204 para 2.579, 114,2% mais no período.

Entre os brasileiros residentes no país, o crescimento foi de 25,8% (de 4.561 para 5.737). Na avaliação do governo, o aumento de brasileiros se deu porque o programa recebeu um reforço com mais profissionais, e pela substituição de médicos estrangeiros.

Lançado em 2013 pela ex-presidente Dilma Roussef (PT), o programa Mais Médicos foi criado como tentativa de fixar médicos brasileiros ou estrangeiros na rede pública de saúde de municípios do interior e nas periferias das grandes cidades.

A meta da atual gestão do Ministério da Saúde é substituir os médicos estrangeiros por brasileiros. Em novembro de 2016, fez um levantamento para ver quais cidades que contam atualmente com o serviço de cubanos poderiam atrair brasileiros.

Pelos números apresentados nesta terça-feira, a maior reposição de médicos aconteceu no Sudeste com 565 profissionais, seguido pela região Sul que mais atraiu 329 médicos. O Nordeste foi a região que menos atraiu médicos com 296 profissionais.

Na próxima segunda-feira, 09, segundo o Ministério da Saúde, 1.400 médicos brasileiros devem começar a trabalhar em unidades de saúde pelo Brasil.

Mais Médicos: fraudes e menos atendimentos
  Vendido pelo Governo Federal como a solução para o atendimento básico de saúde nas cidades brasileiras, o Programa Mais Médicos está entre os proje...
Mais Médicos preenche as 18 vagas abertas em MS já na primeira chamada
O programa federal Mais Médicos preencheu totalmente as 18 vagas abertas em municípios sul-mato-grossenses em edital lançado em novembro do ano passa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions