A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/12/2009 07:13

Presos acusados de matar agricultor com 15 tiros

Redação

Operação realizada no final da tarde de ontem (12) pela polícia paraguaia, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil, terminou com a prisão de dois acusados de atuar como pistoleiros na região. Um dos acusados é de Itaporã, município que fica a 243 quilômetros de Campo Grande.

Joander Simplício dos Santos foi localizado em uma residência no centro da cidade, pertencente a um traficante, junto com o brasileiro Marcos de Oliveira Barbosa, que é de Campo Mourão, no Paraná. Os dois são suspeitos de ter assassinado o agricultor paraguaio Eládio Valenzuela, de 40 anos, na última quinta-feira (10).

Em torno da casa onde eles estavam, que pertence a um traficante, segundo a polícia, havia pelo menos oito câmeras de segurança, o que dificultou o trabalho. Durante o cerco, vários advogados entraram e saíram da casa.

No local foram apreendidos dois veículos, maconha e alguns documentos. O proprietário da residência não foi localizado.

Segundo a polícia, pelo menos dez advogados apareceram para defender os brasileiros, o que reforça a suspeita de que eles estejam envolvidos no assassinato do produtor e em outras execuções feitas em Pedro Juan.

Os dois negam participação no crime e serão investigados, com os antecedentes levantados pela polícia brasileira. Eles serão autuados em flagrante por posse de maconha.

Crime - O agricultor paraguaio Eládio Valenzuela, 40 anos, foi assassinado no Bairro Maria Vitória, em Pedro Juan Caballero, com pelo menos 15 tiros de fuzil.

Quatro homens em um veículo Gol preto surpreenderam o agricultor, que estava em uma oficina. Os autores estavam armados com fuzis tipo M-16, de uso exclusivo das Forças Armadas.

Valenzuela tentou correr para dentro da oficina, porém, não conseguiu escapar. Depois do crime, os pistoleiros fugiram. (Com informações do site Mercosul News)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions