A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/01/2012 13:10

Prisão temporária de envolvidos em fraude da CNH acaba às 00h

Ana Paula Carvalho e Fernando da Mata

A prisão temporária dos 17 envolvidos no esquema de facilitação na emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) acaba às 00h de amanhã. A delegada Aline Lopes, corregedora do Detran, pediu a prisão preventiva de 14 pessoas. De acordo com ela, não havia indícios suficientes para pedir dos outros envolvidos.

A operação foi deflagrada na manhã da última sexta-feira em Campo Grande e mais seis municípios. De acordo com a corregedora, o pedido de prisão preventiva pode ser acatado até a amanhã.

Ao todo são 23 envolvidos. Foram presos seis examinadores e um médico do Detran/MS, cinco aplicadores de prova da Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura), além de instrutores e proprietários de autoescola, apontados como integrantes da quadrilha que facilitava o processo de emissão de CNH. Ontem mais um médico credenciado ao Detran foi preso.

Conforme o Detran/MS, os médicos recebem credenciamento para trabalhar por um ano. No caso da Fapec, os cinco são ex-funcionários da Fundação e teriam sido demitidos há mais de um ano.

Primeiro balanço feito pelo Detran/MS indica que 84 CNHs (Carteiras Nacional de Habilitação) emitidas ano passado em Naviraí, a 366 quilômetros de Campo Grande, estão com indícios de fraude. Quem pagou pelo serviço terá a CNH recolhida e responderá por corrupção ativa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions