A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/04/2008 15:28

Professora gay diz que decisão judicial teve preconceito

Redação

A professora de educação infantil Noyr Roudoura Marques classificou como preconceituosa a decisão da Justiça do Trabalho em ação movida por ela contra a Prefeitura de Campo Grande. O objetivo da ação era o pagamento de indenização a Noyr que foi demitida no após a descoberta de que ela tinha um caso amoroso com Carmem Silvia Geraldo, 52 anos, também professora.

Na opinião de Noyr, a decisão do dia 22, além de preconceituosa é cheia de injustiça. Ela explicou que foi demonstrado no processo que houve preconceito contra ela por parte da prefeitura na demissão.

As professoras estão na tarde desta sexta-feira no (Centro de Defesa dos Direitos Humanos) Marçal de Souza

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions