A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/07/2008 11:47

Quadro de novatos impede MS de aderir greve dos Correios

Redação

O secretário geral do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios Telégrafos e Similares de MS, Emídio Gonçalves, avalia que a greve nacional, que parou os serviços em 24 estados, não ocorre aqui no Estado por conta de um quadro de funcionários novatos.

A mobilização ganha força no País e ontem conseguiu a adesão do Mato Grosso, mas os sul-mato-grossenses continuam contrários ao movimento.

A maior parte dos 1469 funcionários dos Correios de Mato Grosso do Sul aceitou a proposta de reajuste salarial da empresa. Em Campo Grande, assembléias chegaram a ser organizadas pelo sindicato para que fosse votada a adesão ou não da greve. Entretanto, no dia da votação, dos 844 funcionários campo-grandenses, apenas 44 apareceram.

Justificativa - Para os servidores que entraram recentemente, foram oferecidos R$ 260 de reajuste, índice aprovado por ser considerado mais expressivo que os 30% reivindicado pela categoria.

O salário de um carteiro novato era de R$ 603,66. Se o aumento de 30% fosse aprovado, passaria para R$ 784,75, menos que os R$ 863,66 pagos hoje.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions