A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

05/09/2011 15:12

Rede particular também apoia fim de guloseimas no ambiente escolar

Edmir Conceição

O Sintrae-MS (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Mato Grosso do Sul) apoia a aprovação do projeto que normatiza a comercialização de alimentos nas cantinas comerciais da rede pública e instituições privadas de educação básica da Capital.

“As escolas particulares também precisavam desse controle, para oferecer alimentos de melhor qualidade para as crianças”, afirma Ricardo Martinez Froes, presidente do sindicato.

Ricardo informou também que professores e funcionários já haviam levantado esse problema há muito tempo e que sempre defenderam a venda de alimentos mais saudáveis para as crianças, por entenderem que dessa forma, alimentadas adequadamente, eles aprendem mais e rendem melhor em sala de aula. “Em pouco tempo, qualquer pesquisa vai apontar esse crescimento positivo nas escolas. Essa medida poderia ser tomada em nível estadual também”, disse.

(*) Com informações da assessoria.

Último sorteio da Mega-Sena na semana pode pagar até R$ 23 milhões
Neste sábado (18) o último dos três sorteios da semana da “Mega-Sena dos Pais) pode pagar para um ou mais acertadores até R$ 23 milhões. Durante os o...
Gabaritos do Enceja já estão disponíveis no site do Inep
O Ministério da Educação (MEC) divulgou no final da tarde de hoje (17) gabarito oficial do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens...
Capes torna mais rígida avaliação de cursos de pós-graduação
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) tornou mais rígida a avaliação dos cursos de pós-graduação no país. De acordo c...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions