A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/07/2009 17:20

Santa Casa pede vagas, mas MPE e Sesau não colaboram

Redação

A Santa Casa repetiu na tarde de hoje as justificativas para o caos que se estende há anos no hospital, durante entrevista coletiva para esclarecer a morte do jovem Weverton do Nascimento Icassati, que esperava hpa 8 dias vaga em CTI (Centro de Terapia Intensiva), situação denunciada pelo Campo Grande News .

Neste mês, o secretário de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, garantiu que a Sesau (Secretaria de Saúde do Município) estava 'locando' vagas em hospitais particulares para atender aos casos mais graves, para suprir o déficit de pelo menos 30 vagas da Santa Casa.

Questionado sobre porque o procedimento não foi acionado para atender Weverton, o diretor clínico da Santa Casa alegou que nem a Sesau nem o MPE (Ministério Público Estadual) respondem ao pedido de vagas em CTI, encaminhado diariamente pelo hospital com detalhes do estado de saúde e nome dos pacientes.

"Encaminhamos para a Sesau e para o MPE, mas sem resposta nenhuma, sem nenhuma resolutividade", garante o diretor do hospital.

Não funciona - A Santa Casa não soube informar o nome de nenhum paciente que tenha sido beneficiado pela manobra de transferência para a rede particular nos últimos seis meses, mas não confirma que a medida nunca foi adotada.

Para o diretor clinico do hospital, não seria sequer viável economicamente à secretaria custear pacientes do SUS (Sistema

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions