A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/12/2010 14:10

Saúde registra aumento de 1.256 casos de dengue em uma semana

Fernanda França
 Saúde registra aumento de 1.256 casos de dengue em uma semana

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) registrou aumento de 1.256 casos de dengue em uma semana em Mato Grosso do Sul.

Os dados foram publicados hoje no boletim epidemiológico nº 28, com os casos notificados entre os dias 3 de janeiro e 4 de dezembro de 2010.

O levantamento mostra que durante todo o período, as notificações de casos de dengue somam 81.596. O boletim é realizado com a contribuição das secretarias municipais de Saúde dos oito municípios prioritários em relação à dengue: Bonito, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Ponta Porã e Três Lagoas.

Em relação aos óbitos, foram confirmados 47, sendo 22 em Campo Grande, 7 em Jardim, 7 em Dourados, 2 em Ponta Porã, 2 em Paranaíba e 1 em Água Clara, Angélica, Corumbá, Mundo Novo, Rio Brilhante, Rio Verde e Três Lagoas.

Em investigação estão 4 óbitos, onde 2 são em Dourados, 1 em Campo Grande e 1 em Juti. Foram descartados 17 ocorrências, sendo 10 em Campo Grande, 6 em Dourados e 1 em Corumbá.

O objetivo com a divulgação desses dados é subsidiar – com informações epidemiológicas oficiais do Estado e dos oito municípios – o panorama da doença no período analisado, sendo um instrumento de auxílio para a elaboração de estratégias, ações e interlocuções entre as equipes técnicas.

Três municípios do Estado não informaram os casos suspeitos da doença registrados no boletim nº 28. O boletim está disponível no site www.saude.ms.gov.br.



Aproveito a oportunidade da matéria para fazer uma denuncia de um grande foco do mosquito,q infelizmente é n afrente da minha casa,fiz varias denuncias junto o orgão responsável mas o órgão nao esta conseguindo concluir seu trabalho,pois as pessoas q estão no imóvel não autorizam a entrada do agente de saúde,conto com a atenção de vcs,meu endereço é na rua:braspina Q129 L09,bairro leon delizart conte.
 
maria regina em 10/12/2010 05:42:02
OK!, Então vamos rasgar o verbo!... - Ainda dizem que isso tudo é culpa do prefeito, do governador... isso tudo que está acontecendo é culpa do povo. Essas pessoas relaxadas, que jogam lixo em lugares impróprios, acumulando lixo, recipientes que possam acumular água, e etc. Agora o poder público também tem que fazer a parte deles com eficiência. inclusive, ao lado do Pólo Zappeion, na av. Julio de Castilho, no bairro Ana Maria do Couto, tem uma saida de água, que é praticamente 24h a água escorrendo. Quando não está escorrendo, está empossada, parada... sabem por que? Porque o poder público não fez a parte dele. Cadê a galeria de captação de água servida daquele local? E ainda alguém sem noção que joga a água por aquele digamos "escoadouro", que faz parte de um terreno de uma igreja. AÊ PODER PÚBLICO, VAMOS TRABALHAR?
 
Marcelo Max em 10/12/2010 05:41:57
É muito triste ler esta notícia. Será que tantas mortes e o aumento dos casos de dengue não são suficientes para sensibilizar e conscientizar àquelas pessoas que ainda tem seus quintais, terrenos, etc com focos do Aedes aegypti. A melhor forma de enfrentarmos problemas que parecem fugir do nosso controle é tendo a humildade de saber que temos uma parcela de culpa no que acontece à nossa volta. Seja com atitudes, seja com omissão... Assim que criarmos hábitos que resultam em ações no combate à este mal que afeta a todos(hábitos estes, muitas vezes que deveriam fazer parte do nosso dia-a-dia como: não jogar lixo no chão, limpar os terrenos, etc) teremos resultados efetivos e uma força-tarefa com participação de toooodos!! É muito fácil colocar a culpa no poder público!!!
 
Shirley Rodrigues Costa. em 10/12/2010 03:06:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions