A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/02/2009 16:52

Secretária de Educação contesta superlotação em salas

Redação

Em resposta a denúncia publicada ontem no Campo Grande News a Secretária de Estado de Educação, Nilene Badeca, declarou hoje que a Rede Estadual tem no máximo 45 alunos por turma.

Ela considera "infundada" a reclamação sobre superlotação, reforçada pela Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul). "Não tem fundamento e contribui pouco para o bom andamento da educação tentar criar situações artificiais no ambiente das escolas", afirmou.

O argumento dela é que a Secretaria está organizando as escolas e garante que as turmas terão sempre, no máximo, 35 alunos nas séries iniciais, 40 para as séries finais e 45 para ensino médio - onde houver condições físicas nas salas (espaço), e que em caso de superar esses números de matrículas, uma nova turma será aberta.

A Fetems citou a realidade da escola Joaquim Murtinho, onde, segundo a entidade, 70 alunos dividem o mesmo espaço. Segundo Neline "isso não procede e a Fetems sabe que é impossível haver naquela escola 70 alunos numa sala, pois em todas a lotação máxima é de 40 carteiras", disse por meio da assessoria.

A resolução 2.218, de 12 de janeiro deste ano, ampliou o número de alunos permitido por turma.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions