A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Dezembro de 2018

13/04/2009 21:29

Seguranças e vigilantes ameaçam entrar em greve na 5ª

Redação

Caso o pedido de reajuste de 18% sobre os salários e também sobre os tickets não seja atendido por empresas contratantes, os sindicalistas do SEESVIG (Sindicato dos Empregados em Empresas de Segurança e Vigilância de Transporte de Valores de Campo Grande e Região) ameaçam entrar em greve na madrugada de quinta-feira, dia 16.

Em assembleia realizada hoje à noite, na sede do sindicato, no bairro Jóquei Clube, cerca de 580 sindicalistas se reuniram para discutir a contra proposta apresentada a eles, que é de aumento de 7% sobre os salários e 8% sobre os tickets.

Segundo o presidente do SEESVIG, Celso Adriano Gomes da Rocha, a partir dessa decisão os empregadores de seguranças e vigilantes tem prazo de 72 horas para apresentar uma contra proposta, já que a anterior foi descartada na reunião de hoje.

Celso explica que atualmente, um vigilante de carro forte ganha R$ 617 e mais R$ 210 de tickets. Já um chefe de equipe ou motorista ganham R$ 617 e mais R$ 310 em tickets.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions