A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

31/03/2009 16:11

TCE faz auditoria para traçar diagnóstico da saúde em MS

Redação

O TCE/MS (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul) iniciou ontem uma auditoria para avaliar o desempenho operacional no setor de saúde, que recebe anualmente 12% do orçamento do Estado. O objetivo da ação é apontar se existem problemas de gestão na área, que enfrenta problemas graves, como a suspensão de cirurgias eletivas no maior hospital do Estado, a Santa Casa de Campo Grande.

A secretária de Estado de Saúde, Beatriz Figueiredo Dobashi, já foi comunicada pelo conselheiro-relator Osmar Ferreira Dutra que a equipe de auditores do TCE/MS, formada pelos servidores Ricardo Ferreira Arruda, Faraó Vieira de Matos, Elenira Aparecida Ribeiro e Márcia Dolores de Oliveira Amorim, fará o trabalho no órgão.

Em entrevista ao Campo Grande News, o coordenador da Unidade de Trabalho de Auditoria Operacional, Ricardo Ferreira Arruda, explica que a auditoria deve levar um ano para ser concluída. O processo entrou ontem na primeira, de quatro fases, que é o levantamento de dados. Na sequência, os auditores farão o planejamento, execução e, por último, o resultado é apresentado à apreciação do tribunal.

Somente depois de apurar todos os problemas da saúde, a equipe definirá qual a área passará pela auditoria. A seleção depende da abrangência e do montante de recursos destinados. Por considerar este critério, não é descartada a possibilidade da investigação ser feita na atenção básica.

Arruda esclarece que, embora a análise seja baseada na destinação de recursos, o procedimento não trata do orçamento. "O objetivo é apontar problemas relacionados à gestão", enfatiza.

Arruda ressalta que a equipe de auditoria já concluiu e enviou para o Ministério Público Especial o resultado da auditoria de desempenho operacional realizada pela primeira vez pelo TCE/MS, na área da educação, no ano passado. O principal foco deste trabalho foi a avaliação dos resultados do projeto de formação continuada nos cursos ministrados.

Um evento de âmbito nacional será realizado em Brasília, no dia 27 de abril, para apresentar a conclusão das auditorias na área de educação com a participação dos presidentes, conselheiros e auditores dos TCs, além de parlamentares, representantes dos Ministérios e Secretarias do Planejamento e Educação.

A auditoria operacional é considerada uma das ferramentas mais eficientes de controle social da função administrativa do Estado e faz parte das ações prioritárias do Promex (Programa de Modernização do Sistema de Controle Externo).

Este tipo de trabalho ajuda a decidir a boa aplicação de recursos públicos, fornece informações acerca dos progressos dos programas, projetos, atividades e ações governamentais e oferece informações referentes à satisfação da coletividade na implementação dos programas sociais, segundo a assessoria de imprensa do TCE/MS.

Diagnóstico

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions