A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/06/2011 21:01

TCU vai investigar desperdício de dinheiro público após desistência de kit anti-homofobia

Luana Lourenço, da Agência Brasil

Após o recuo do governo em distribuir os kits informativos de combate à homofobia nas escolas públicas de ensino médio, o Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu investigar o possível desperdício de dinheiro público com a produção do material que agora será descartado.

O ministro do TCU José Jorge informou que irá cobrar explicações sobre os gastos do governo com a produção do material.

Jorge disse que o TCU não deverá fazer nenhuma consideração sobre o conteúdo do kit, e que a “escolha da política pública, seja qual for a área de interesse, deve ficar sob a responsabilidade do Congresso Nacional e do Poder Executivo”. O que o tribunal pretende é avaliar o possível desperdício de dinheiro público com a decisão de suspender a distribuição do material.

“É o que pode ter ocorrido quando o governo desistiu de distribuir os kits às escolas. Diante desse quadro, o tribunal pode e deve agir, cobrando explicações dos responsáveis acerca dos gastos efetuados com a elaboração do material”, afirmou.

José Jorge é o atual relator das contas do Ministério da Educação, responsável pela produção dos kits. O ministro vai pedir dados sobre a forma de concepção e aquisição do material e o valor total gasto até agora, entre outras informações.

Ministério da Educação diz que kits anti-homofobia serão refeitos
O ministro da Educação, Fernando Haddad, explicou hoje (26) que os kits de combate à homofobia que seriam distribuídos às escolas públicas de ensino ...
Depois de polêmica, Dilma suspende kit anti-homofobia do MEC
A presidente Dilma Rousseff determinou nesta terça-feira (25) a suspensão da produção e distribuição do kit anti-homofobia em planejamento no Ministé...
Kit contra homofobia é mantido e distribuição deve ocorrer no 2º semestre
O ministro da Educação, Fernando Haddad, negou hoje que o órgão tenha decidido alterar o conteúdo do kit de combate à homofobia que será distribuído ...


País da vergonha, enquanto nos hospitais pessoas se amontoam nos corredores por falta de atendimento e nas escolas as paredes estão caindo em cima das crianças sem falar na merenda que em muitos colégios é pior do que comida d animal nossos governantes gastam uma fortuna com uma coisa absurda dessas, qerem empurrar d goela a baixo que ser guey é normal e bonito. gostaria d saber oq falar pro meu filho quando ele chegar da escola e me perguntar se é normal ficar beijando OS coleguinhas na boca. cada um faz oq quer da sua vida sexual mas é inadmissivel banalizar isso. acorda povo vamos cobrar mais seriedade dos governantes e mais respeito pelo nosso dinheiro que é arrancado das nossas mãos através dos impostos absurdos q pagamos fielmente.
 
donizete canale em 02/06/2011 08:19:14
Já estava na hora de alguém tomar uma providência... Afinal se o Estado e capaz de impor certos conceitos, tem também que arcar com a educação, saúde, lazer....etc....ou seja... chega desse Estado autoritário editar as regras ao bel prazer de certas pessoas embuidas de autoridades enrustidas de Brasília e, quando acontece alguma tragédia, a culpa é do cidadão... é uma pena
 
Jorge Aparecido em 01/06/2011 11:25:00
Parabéns ao Tribunal de Contas da União (TCU) pela brilhante iniciativa, pois é reponsabilidade do governo aplicar bem os recursos financeiros e gerir com responsabilidade o herário público.
 
Adão José Pereira em 01/06/2011 09:18:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions