A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/05/2011 15:55

Depois de polêmica, Dilma suspende kit anti-homofobia do MEC

Viviane Oliveira

A presidente Dilma Rousseff determinou nesta terça-feira (25) a suspensão da produção e distribuição do kit anti-homofobia em planejamento no Ministério da Educação, e definiu que todo material do governo que se refira “costumes” passe por consulta aos setores interessados da sociedade antes de serem publicados ou divulgados.

De acordo com o ministro da Secretária Geral Gilberto Carvalho, Dilma considerou o material do MEC (Ministério da Educação) inadequado e o vídeo impróprio para seu objetivo.

A manifestação ocorreu em uma reunião com o ministro e a bancada evangélica da Câmara. O grupo de parlamentares chegou a ameaçar o governo com obstrução da pauta no Congresso, colaborar com assinaturas para convocar o ministro da Casa Civil Antonio Palocci a se explicar sobre sua evolução patrimonial e propor uma CPI para investigar o MEC.

"A presidenta decidiu suspender esse material e suspender também a distribuição", disse o ministro, após se reunir com cerca de 30 deputados, entre eles, o líder do PR na Câmara, Lincoln Portela, e Anthony Garotinho.

De acordo com Gilberto Carvalho, todo material sobre "costumes" será produzido após consulta a setores da sociedade interessados, inclusive a bancada religiosa.

"A presidenta se comprometeu, daqui para a frente, que todo material sobre costumes será feito a partir de consultas mais amplas à sociedade, inclusive às bancadas que têm interesse nessa situação. Nós entendemos que é importante que, para ser produtivo e atingir seu objetivo, esse material seja fruto de uma ampla consulta à sociedade, para não gerar esse tipo de polêmica que, ao fim, acaba prejudicando a causa para a qual ele é destinado", disse Carvalho

Ontem no plenário, o deputado Anthony Garotinho chegou a pedir a demissão do ministro da Educação Fernando Haddad. Na semana passada, Garotinho que é vice-presidente da Frente Parlamentar Evangélica, afirmou que a bancada evangélica, composta por 74 deputados, não votaria nenhum projeto na câmara até que o governo recolhesse os vídeos anti-homofobia.

O MEC nega que o kit e os vídeos que vazaram na internet tenham sido aprovados pelo ministério. Eles teriam sido produzidos por ONGs que prestam serviços à pasta e estariam em avaliação. Os deputados da bancada evangélica afirmam que os vídeos e a cartilha anti-homofobia são um estímulo ao homossexualismo.

Na Câmara - Em Campo Grande, o kit educativo contra a homofobia também foi polêmico. O presidente da Câmara Municipal, Paulo Siufi (PMDB) em discurso fez críticas ao vídeo e afirmou que o material estimularia a sexualidade precoce.

Segundo ele, as crianças vão ser colocadas na furação da sexualidade sendo estimuladas a pensarem na homossexualidade. “Eu não acredito que as famílias devem ser submetidas a essa agressão”, afirmou.

Conforme Paulo, o kit do MEC possui duas historinhas. “Em uma delas, um garoto de 14 anos, chamado Ricardo, vai ao banheiro fazer pipi e olha para o lado, vê o coleguinha dele que está fazendo também, e se apaixona por este colega, e então decide assumir sua homossexualidade e quando o menino retorna para a sala de aula diz que mudou de nome e se identifica como Bianca”.

Além de Siufi, foram contras Alcides Bernal (PP), João Rocha e Grazielle Machado (PR).

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...


O PT disse ao que veio, apoiando como sempre o lado errado. O Palloci é um briquedinho.
Saudações Socialistas
Ricardo
 
Ronaldo Maia em 26/05/2011 12:57:35
SOCORROOO!!!

ELES QUEREM TRANSFORMAR O NOSSO BRASIL EM SODOMA E GOMORRA
 
João Simões em 26/05/2011 12:46:21
Ai gente! eu particularmente nao tenho nada contra o homosexualismo, porem acho o fim da picada um poder, que nao tem poder de legislar, legislar na calada da noite e aprovar uma lei desse porte. Agora, e uma coisa interessante neh! eu tenho um casal de filhos, e oriente eles a se relacionarem com o sexo oposto, pois seguno o livro das escrituras de Deus, ta escrito la para crescerem e multiplicarem, e eu nunca vi um homem engravidar outro, ou mulher engravidar mulher, porem depois desta "lei" o que tem de homem beijando homem e mulher beijando mulher na rua e uma vergonha, e como e que fica os valores da familia nessa historia?? caiu por terra!! nao quero ofender ninguem mas que ta feia a coisa, daqui a pouco Deus vai destruir tudo iqual fez em sodoma e gomorra, para quem sabe ler um pingo e letra e ta dito!!
 
Marcio Barbosa em 26/05/2011 12:04:38
PARABENS, SENHORA PRESIDENTA DO BRASIL, POR TOMAR UMA INICIATIVA COERENTE A SOCIEDADE BRASILEIRA, QUE AINDA ESTA MUITO DISTANTE DE DEUS, PARA RECEBER OS PAIS UMA PAULADA DESTA, QUE É PERDER A DIREÇÃO FAMILIAR ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO, FICARIA A FAMÍLIA SEM AUTORIDADE SE ESSAS CARTILHAS FOSSEM DISTRIBUÍDAS E SE FOREM, POIS ALÉM DE NÃO AGRADAR A DEUS, NÃO AGRADARIA AOS PAIS, QUE VOTARAM EM V.EXCIA, E PEÇO EXCIA, QUE AS LEIS QUE PASSAREM PELO VOSSO CRIVO, VEJA SE ESTA DE ACORDO COM A BÍBLIA, LEI FORTE QUE É LEI DE DEUS, CARTA MÁGNA DO MUNDO, SE AS LEIS DESTE PAÍS, FOREM SUBORDINADAS A ELA, SERÁ O MELHOR PAÍS DO MUNDO, SERÁ UM REINADO VITORIOSO, NÃO SE PREOCUPE PRESIDENTA, QUANDO TOMAR MEDIDA COMO ESTA, QUE DEUS LHE GUIARÁ OS VOSSOS CAMINHOS, E SERÁ SÓ FELICIDADE, QUE DEUS ABENÇOE.
 
PEDRO BRAGA em 26/05/2011 08:53:53
GRAÇAS A DEUS que esta presidenta tomou uma atitude correta! Não seremos forçados a receber estes materias em nossas escola, expondo a inocência de nossas crianças a um "Kit Gay"!
 
JULIANO MACEDO em 26/05/2011 08:09:53
Esse País tem que parar de brincar, onde o professor massacrado brinca de dar aula e o aluno brincar de estudar!!!! Somente seremos um Pais desenvolvimento no sentido real da palavra, quando a Educação for levado à sério! Um povo educado e esclarecido... não precisa ficar pedindo humilhantemente bençãos aos seus políticos!!!!! Ele saberá muito bem reivindicar os seus direitos!!!!! O primeiro será votar corretamente!!!!!
 
Simone de Medeiros em 26/05/2011 06:40:04
Só posso dizer uma coisa: ótimo!

Não quero camisinha na escola onde minha menina estuda e nem quero ela exposta a sexualidade tão cedo. Poderia ser kit hetero, sou totalmente contra.
Mania, a criança já é exposta a Sexo na TV, na música, etc. A infância foi perdida e o MEC, ao invés de se preocupar com o nível da educação, quer piorar a situação.

Mas hoje em dia é assim, se você discorda de um homossexual, vc é tachado de homofóbico, falta só te prender. Sou contra e pronto! Vão ensinar "civismo", "politica", "principios do trânsito", etc, que vai trazer muito mais lucro do que um kit homofóbico!

 
Jean Carlos dos Santos em 26/05/2011 04:19:40
É a minha presidente, a minha legítima representante!!
Por pressão ou não, ela tomou a mais acertada decisão nesse caso. Destesto o Garotinho, mas nesse caso estou com ele. Esse Hadad é uma piada como ministro.
Já passou da hora dele puxar o carro e deixar a pasta para quem entende do assunto.
 
marly siqueira caramalack em 26/05/2011 02:05:19
Caro colega, Jair da silva,parabéns pelo seu comentário faço dele minhas palavras
 
Silvio patrocinio de lima em 25/05/2011 11:51:48
Quero parabenizar a presidenta Dilma por tal ato ,esse kit anti homofobia é de mal gosto e uma afronta à famlia ,foi feito um filminho tão ridículo q dá vergonha pra quem assiste ,além de não haver conteúdo pedagógico,e só serve para confundir a cabeçinha das crianças .Antes do MEC assumir tal responsabilidade deveria ser perguntado para a sociedade se queremos q o MEC eduque sexualmente nossos filhos !!!!
 
rosemary ramos dos santos em 25/05/2011 11:34:06
Eu acho uma maravilha, quanto mais gays tiver, mais mulher sobra pra mim.
E viva a viadagem!!!!!
 
jose missori em 25/05/2011 11:10:01
Caríssimos, Provem que a maioria da populaçao brasileira é contra esse tipo de inciativa contra a homofobia!
Por que, ao invés de muitos serem tão racistas e preconceituosos, nao se preocupam em praticar a paz no mundo?
Começando ai, na sua casa. Ao lado de quem você convive. Deixem que cada um tome a decisão sobre sua opção sexual!
Pensem bem! Se voçês, pais! não têm coragem de falar sobre esse tipo de assunto com seus filhos dentro de casa, a escola está lá para cumprir esse papel e evitar que eles aprendam nas ruas.
 
Francisco Araújo em 25/05/2011 11:09:20
O MELHOR KIT ANTI-HOMOFOBIA VC ENCONTRA GRATUITAMENTE EM ROMANOS CAP 1 VERS24 A 32 QUE DEUS NOS ABENÇÕE E NOS LIVRE A TODOS...PARA ENTENDER VC TEM DE LER.
 
jamil issa zaim em 25/05/2011 10:41:03

Esse kit-gay era só o que faltava!!
Além da parada-gay, do PL 122/06, absurdos em cima de absurdos!

Com todo o respeito à comunidade homossesual e cia, imagino que, daqui um pouco, vão querer pintar o Palácio do Planalto de fuscia e lilás!

Mas, falando sério, deviam se preocupar em distribuir kit saúde bucal (pasta de dente, escova e fio), ou então kit-literatura (com livros clássicos da literatura brasileira, tipo machado de assis, josé de alencar), sei lá... qualquer outra coisa que acrescentasse conhecimento e que edificasse as nossas crianças...
 
Christian da Costa em 25/05/2011 10:38:27
Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.

E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.

Romanos 1.26-27!

Por Que Deus Condena o Homossexualismo?

Deus abençoou o homem e a mulher e lhes deu o mandamento de serem fecundos e multiplicarem-se (Gn 1:28). O casamento é a “união de duas pessoas que originalmente foram uma, depois foram separadas uma da outra, e agora no encontro sexual do casamento se uniram novamente”. Lovelace acrescenta dizendo que “não é por acidente que toda forma de expressão sexual fora da aliança do casamento seja explícita ou implicitamente condenada no restante das Escrituras”.

A sociedade atual está cada vez mais perdendo de vista o princípio que Deus definiu para a união sexual entre os seres humanos: um homem e uma mulher, unidos pelo compromisso eterno do matrimônio. Em virtude deste crescente desvio do padrão idealizado por Deus no princípio, é que têm surgido todas estas anomalias sexuais descritas até aqui. Hoje já se convive até mesmo com o “casamento” entre homossexuais e a adoção de filhos por estes “casais”.

O propósito de Deus é que o homem junte-se com a mulher e os dois formem “uma só carne” (Gn 2:24), constituindo-se numa família heterossexual, na qual os filhos poderão ser educados em meio a um ambiente sadio e livre de preconceitos.

Este ideal está totalmente corrompido na sociedade moderna, e as relações sexuais passaram a ser apenas um meio de obter prazer a qualquer custo, sem atentar para as orientações dadas por Deus no passado, e para os perigos de não seguir estas orientações. A atual sociedade já aprendeu a conviver pacificamente com o outrora chamado “pecado grego”, vendo os homossexuais como apenas “um pouco diferentes”.

Deus condena o homossexualismo porque ele é totalmente contrário ao propósito original das relações sexuais: procriação e/ou prazer. Segundo Boice, apenas em se olhar para a anatomia dos órgãos sexuais do homem e da mulher já deveria haver argumento suficiente para convencer de que as práticas homossexuais não são normais. Tanto o Judaísmo quanto o Cristianismo sempre reconheceram esse fato, defendendo que o homossexual está sob a condenação de Deus.
 
Fernando de Paula em 25/05/2011 10:06:08
Ufa! Até que enfim engavetaram isso aí! Por enquanto meus filhos e netos estão livres da propraganda anti-macho. Não me venham com homofobia por eu ser homem,respeitem minha opção sexual!
 
samuel gomes-campo grande-ms em 25/05/2011 09:41:45
Nosso país precisa repensar algumas formas de apresentar projetos de lei. Deveria debater com a sociedade antes de apresentar materiais escolares impróprios às crianças. Da mesma forma que alguns têm direito de escolha sobre a opção sexual, também deve respeitar o direito de opinião daqueles que não concordam com práticas contrárias aos ensinamentos de Deus. A criatura deve servir ao criador e não ficar a serviço do pecado e ainda querer ofender aos que defendem a liberdade de escolha. Por isso, parabéns ao deputado bolsonaro/RJ. Brasileiros diga não ao PL 122 que tramita no senado federal. O pecador merece acolhida, mas o pecado deve ser combatido.
 
Fauster Antonio Paulino em 25/05/2011 09:24:43
ok , vamos promover a homofobia pessoal, é um ato super legal. Por causa de pessoinhas, e digo no diminutivo mesmo, que vêem um kit de suporte pedagógico como um modo de 'fazer' novos gays várias pessoas , dentre elas adolescentes de 14 anos , são violentadas, apanham e morrem no Brasil. HIPÓCRITAS.
 
Emerson Torres em 25/05/2011 09:21:13
Maquinas de camisinha, kit anti-homofobia, qual será a próxima barbaridade apresentada aos nossos filhos???
 
Milene Gomes em 25/05/2011 08:29:23
a presidente acertou de cancelar este kit muito obrigado por preservar a familia
 
carlos marques em 25/05/2011 08:15:40
POR FAVOR FAUSTÃO TOMA A FRENTE COM A ENTREVISTA DA PROFESSORA DO DOMINGO PASSADO. ESSE CONGRESSO DEVE OUVIR A SERIEDADE DE QUEM ESTÁ NA SALA DE AULA . INVESTIR NAS NECESSIDADES QUE OS PROFESSORES SENTEM NA PELE NO DIA A DIA .EX;ÔNIBUS DE QUALIDADE PARA TRANSPORTAR AS CRIANÇAS;MATERIAL DIDATICO. HORARIO REMUNERADO PARA O PROFESSOR QUE PASSA ATÉ FINAL DE SEMANA TRABALHANDO EM PREPARAÇÃO DE AULAS E CORREÇÃO DE TRABALHOS .PESQUISAS ETC.ACABAR COM GIZ E CUSPE.FORMAÇÃO.....O ASUINTO NA MINHA CIDADE DEU PANO PRÁ MANGA.VAI FAUSTÃO VC ESTÁ ENCOMODANDO ISSO É ÓTIMO.ELEIÇÃO PARA DIRETORES NAS REDES MUNICIPAIS.....
 
Jose da silva em 25/05/2011 08:12:49
Os políticos precisam pensar urgentemente o que fazer com as escolas abandonadas, onde as nossas crianças estão a mercê da própria sorte, e contando apenas com a boa vontade dos professores, que já não suportam mais essa responsabilidade. Kit gay??? Isso já e brincar demais com a sociedade, o Ministro Adad precisa tomar vergonha e não se esconder atrás de ong´s. Assuma sua reponsabilidade nessa idiotice!
 
vera lucia dos santos em 25/05/2011 08:05:27
analisa bem essa situaçao, num pais que tem um monte de problemas, agora virou moda esse negocio de homofobia, quem deve ter levantado essa bandeira, primeiro deve ser um gay, digo isso ate com certo respeito, e o cara e poderoso, hoje virou moda falar em sexualidade, defesa dos direitos dos homosexuais, tudo agora e entorno desse tema, eu falo bem a verdade eu acho horrivel ver dois homens de mao dada, acho horrivel esse negocio de casal gay adotar uma criança, perdeu-se o principio de homem mulher de casal de pessoas de sexos diferentes, da procriaçao normal, tao querendo empurrar isso de goela a baixo na gente e pior ainda se voce falar algo ou reparar voce pode ser taxado de ignorante, acho que alguem deveria ter o direito de nao achar bonito de nao concordar com isso, pos se e um pais livre cada um pode achar o que quiser e direito da pessoa, estou dizendo nao gostar, nao xingar nao usar de violencia, simplismente achar feio so isso nada mais.
 
luiz fernandes em 25/05/2011 07:38:49
Gostaria de chamar a atenção para uma leitura mais atenta de um trecho desta matéria: " ...a bancada evangélica da Câmara. O grupo de parlamentares chegou a ameaçar o governo com obstrução da pauta no Congresso, colaborar com assinaturas para convocar o ministro da Casa Civil Antonio Palocci a se explicar sobre sua evolução patrimonial ..."
Sendo assim, a dita "bancada evangélica", atingida em seus brios por um ministério (o da Educação), ameaça investir contra outro ministro (o da Casa Civil), a quem parte da imprensa diz haver suspeição sobre seu enriquecimento.
Ou seja, os "homens de deus" (melhor usar letra minúscula nesse caso) até ouviram falar que um ministro poderia ser ou estar envolvido em corrupção, mas pouco se importam, desde que lhes seja satisfeito o desejo de que programas de governo não afetem seus "costumes", into é, aquilo que eles acham que é bom para eles e para todos os outros.
Mas roubar pode!
Eu conheço as políticas do MEC porque trabalho em uma Universidade Federal, sendo Técnico em Assuntos Educacionais. Sei do esforço deste governo em melhorar a Educação brasileira e promover a inclusão social. O ENEM, por exemplo, possibilita ao estudante atingir com um exame, não uma Universidade Pública, mas todas as da rede federal e muitas estaduais. Isso garante mais cidadania e acesso às vagas da escola pública. Erros são cometidos e o papel dos políticos, sobretudo do Congresso, é o de fiscalizar, cobrar, mas chantagem, francamente!
 
Eduardo Figueiredo em 25/05/2011 07:32:25
Uma coisa é respeitar a opção sexual de cada um, outra bem diferente é consentir que nossos filhos sejam incentivados a serem homossexuais. Isto é inaceitável! Parabéns pela atitude de nossa Presidenta.
 
jailma soares em 25/05/2011 07:07:21
Acertadíssima foi a decisão da Excelentíssima Senhora Presidenta da República, Dilma. A sociedade não pode ficar refém das ingerências do MEC, na pessoa do Senhor Ministro da Educação. Por que o MEC, com o dinheiro gasto com o kit não produziu material didático para melhor apredizado das disciplinas curriculares do ensino público. Os Senhores Deputados estão dentro do seu mister - defender a sociedade, os bons costumes e a família.
 
Jose Wilson Nunes em 25/05/2011 07:00:03
Acusar pessoas que têm medo de estupradores como pessoas com compulsão de matar pessoas do mesmo sexo é uma ofensa a quem paga impostos absurdos para manter este país de pé.

Isso é o além do limite do absurdo à ofensa a este povo simples que sustenta este país sob um regime impositor de roubo de fortuna (lucro advindo do trabalho) através de impostos que consomem 45% do ganho anual do povo!

Isso não é kit contra discriminação a estupradores, compulsivos sexuais, isso é uma imposição de desmoralização dos pequeninos como o manual de implantação do comunismo descreve os "passos".

Isso é atentar contra Deus ao usar o povo como objeto de deboche e humilhação.

Covarde também é o governo daqui ter permitido tamanho deboche. Aposto que nem Dilma, nem Adad, nem André, nem Nelsinho impõem tamanha falta de respeito. "Do seu buraco, cada um cuida o seu, ninguém precisa ver nem ser obrigado a ver e achar lindo."
 
Cristiano Arruda em 25/05/2011 06:26:29
Vou montar um KIT anti-POLITICO corrupto.
Necessitarei de alguns patrocinadores para poder distribuir o meu KIT ANTI-POLITICO.
e de preferência que sejam seres humanos.
 
Orlando Lero em 25/05/2011 05:53:54
E, mais uma vez, os hipócritas homofóbicos fazem seu jogo sujo! Estão colocando a faca no pescoço da presidenta. Tudo em nome dos "bons" costumes. "Épácábá!"
 
Gilberto Ramos em 25/05/2011 05:48:32
Respeitar as individualidades de cada, independente de cor, raça e credo é nossa obrigação, agora fazer da homosexualidade uma bandeira, a qual forçar todos os brasileiros na força da lei aceitar? Ja que eles tem o direito de se manifestar, as pessoas contrarias também tem o direito de se posionar contra desde que seje com respeito e responsabilidade e sem a intenção de humilhar as pessoas, já que todos são iguais perante a lei.
 
Jose Roberto em 25/05/2011 05:27:27
Isso realmente e uma absurdo!!! Principalmente da maneira que eles querem destribuir, NAS ESCOLAS. Já estão querendo incentivar o homossexualismo nas crianças isso e ridiculo. Porque não inventam video e kit sobre o respeito, que temos que ter pelo proximo, isso sim eu acho legal independente da escolha sexual de cada um.
 
Agda Teodoro em 25/05/2011 05:20:39
Kit gay, livros com o português escrito de maneira errada. Qual a próxima que o MEC vai aprontar?
 
Thiago Kalunga em 25/05/2011 05:20:13
Não nos faça culpado por erro do sistema,confeccionaram um monte de Kit eo povo nem foi consultado e querem que Eu leve para dentro de minha casa,se nem EU fui orientado para informar meus filhos.Esse Kit pode ficar na Secretaria de saúde,pegue quem tiver INTERESSE.Faça um Kit sobrevivencia contra falta de saúde publica.Opvo não aguenta mais que DEMOCRACIA é essa que tenho que aceitar tudo que se aprova na lei.
 
luiz carlos santos em 25/05/2011 05:09:15
Um material didático destinado a combater a homofobia nas escolas públicas?será que distribuir um kit gay é o melhor médoto de educar a sociedade a respeito da homosexualidade?cada individuo tem o seu direito de escolhas e não é por meio de vidiozinhos engraçadinhos que isso será mudado.Penso que isto será um instimulo a curiosidade de crianças e adolecentes fazendo com que os mesmo,achem está situação normal !!!! O governo tem que investir em educação para tornar cidadões mais conscientes e educados.
 
leticia singame em 25/05/2011 05:06:08
Isso não tem cabimento, como um grupo de pessoas que não perguntarão a opinião de ninguém, faz um kit que induz as crianças ao homossexualismo, e sai distribuindo isso nas escolas, um vídeo que fala sobre assuntos que devem ser tratados pelos pais, assuntos que uma criança tem que estar preparada para poder aprender, querem expor dessa forma vulgar. ISSO É RIDÍCULO.
 
JEAN LAFAIETI em 25/05/2011 04:51:31
Penso que o MEC deveria se preocupar com a qualidade da educação, fazer um ensino responsável e deixar as escolhar sexuais aconteceram em decorrência da maturidade de cada pessoa!Isso é um absurdo!
 
jair da silva em 25/05/2011 04:40:42
Esse assunto deve ser levado muito a sério, e não é fazendo videozinho e panfletinho, para que homossexuais sejam respeitados deve-se educar os cidadãos.
Cada indivíduo deve ter seu direito de escolha respeitado, mas isso só é possível com boa educação, e o Brasil está carente de investimento nesta área, o Governo acha que distribuir kits vai mudar as pessoas, invista em um programa sólido e concreto para a educação, ai sim teremos pessoas mais tolerantes e educadas
 
Marcus Matos Fernandes em 25/05/2011 04:34:33
Isso e uma verganha
Não tenho nem palavras de tanta verganha que estes governos nos submete as nossa crianças...
 
Silas Antonio em 25/05/2011 04:33:17
Não tem nada contra os homosexuais mais dai distribuir kit anti-homofobia ja é demais sem consultar a maioria que sabemos que é contra.
 
vitor hugo em 25/05/2011 04:17:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions