A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019

24/10/2018 09:42

Temporal atinge 29 cidades de MS e acumulado bate recorde em sete delas

O maior acumulado é de Caarapó que, do início do mês até agora, soma 378,4 milímetros contra o esperado de 164,8 milímetros

Danielle Valentim
Situação de Itaporã apos temporal de ontem. (Foto: Itaporã News)Situação de Itaporã apos temporal de ontem. (Foto: Itaporã News)

Medição da estação meteorológica da Uniderp, de ontem até às 5h desta quarta-feira (24), traz 29 cidades atingidas por chuva e ventania. As informações foram divulgadas pelo meteorologista Natálio Abrão, que pontua recorde no acumulado de água em sete destes municípios.

As cidades onde choveu o dobro do esperado para o mês são Amambai, Caarapó, Iguatemi, Itaquiraí, Juti, Laguna Caarapã e Maracaju. Em Campo Grande, o acumulado é de 115,4 milímetros e quantidade ainda não atingiu o esperado para o mês que é de 147,9 milímetros. O temporal da noite de ontem somou 33,6 milímetros e ventos de 45,1 km/h.

A chuva foi tranquila nas cidades de Bonito, Paranaíba e Bela Vista com 1,8 milímetros nas duas primeiras e 4,8 milímetros na terceira, respectivamente. Em Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Dourados, Ponta Porã e Ribas do Rio Pardo, a chuva não passou dos 19 milímetros.

Em Bandeirantes choveu 41,6 milímetros e os ventos chegaram a 57,96 km/h. O esperado para todo o mês era de 133,3 milímetros e até agora choveu 132. Água Clara choveu 11,8 milímetros. O esperado para o mês era de 116,4 milímetros, mas até agora já choveu 184,1.

Amambai não foi atingido por chuva, mas os ventos chegaram a 46,81 km/h. O esperado para o mês era de 184,4, mas até agora já choveu 327,6. Angélica choveu 12 milímetros e ventos chegaram a 48,61 km/h. Até agora já choveu 206,2 milímetros, mas o esperado era de 140,12.

Em Bataguassu, os ventos chegaram a 41,4 km/h e a quantidade de água em 85,4 milímetros. O esperado para o mês era de 116,5 milímetros, mas até agora já choveu 276,2. Em Brasilândia, ventos não foram registrados, mas choveu 34,8 milímetros. O esperado para o mês era de 112,2 milímetros, mas até agora já somou 172,2.

Na cidade de Caarapó, mês de outubro já registra acumulado de 378,4 milímetros, quando o esperado era de 164,8, De ontem para hoje choveu 55,6 milímetros, com ventos de até 58 km/h.
Em Itaporã, o temporal da noite de ontem chegou a 20,8 milímetros, mas os ventos chegaram a 106,92 km/h. Ao Campo Grande News, a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros afirmaram que apesar da força do vento, equipes não foram acionadas para resgatar famílias.

Em Iguatemi, a chuva de ontem somou 9 milímetros, o esperado para o mês era de 173,1, mas já acumula 221,8 milímetros. Em Itaquiraí, o acumulado do mês chega a 234,2, quando o esperado era de 171,3. A chuva de ontem acumulou 12,8 milímetros e os ventos chegaram a 41,41 km/h.

Juti já acumula 322,5 milímetros contra o esperado de 165,2 para todo o mês. Só a chuva de ontem somou 51,1 milímetros com ventos de 52,56 km/h. O mesmo ocorre em Laguna Caarapã, com acumulado de 270,2 milímetros contra o esperado de 169,7. O temporal de ontem somou 61,4 milímetros e ventos de 48,61 km/h.

O temporal de ontem não atingiu Maracaju, mas o acumulado do mês é de 209,6 milímetros, quando o esperado era de 144,2 para todo o mês.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions