A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/05/2009 11:04

Termina 6ª prisão temporária de presos na operação Cupim

Redação

Termina nesta sexta-feira a prisão temporária dos 15 presos na operação Cupim, realizada pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) e Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), na segunda-feira (11).

Se for decretada a prisão preventiva, eles continuam presos. Caso contrário, serão liberados a partir das 00h00 de sábado.

Os presos são acusados de envolvimento em um esquema de desmatamento, corrupção, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal liderado pelo empresário Júlio Alberto Pereira Pinto, preso em Sinop. O esquema ocorria desde 2008.

Entre os presos estão os servidores do Fisco de Mato Grosso do Sul: Jair Aparecido Dias, Nilton José Baraúna, Aridalton José de Souza, Denílson Desanti e Jorge Barbieri Figueiredo.

Na ação foram apreendidos dinheiro, armas, documentos e carretas. Madeireiras foram fechadas.

Os fiscais faziam vistas grossas às irregularidades nas notas fiscais, avisavam sobre o horário de funcionamento da balança, sobre acidentes e quando estavam de plantão os colegas deles que não aceitavam propina.

Com notas clonadas, uma mesma nota fiscal era emitida para até cinco carregamentos simultâneos, que utilizavam o Mato Grosso do Sul como corredor para chegar aos mercados de São Paulo e Paraná.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions