A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/02/2008 09:48

TJ adia julgamento da taxa de iluminação pública

Redação

O Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul adiou a votação da Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a Lei Complementar nº 58, de 30 de setembro de 2003, da prefeitura de Campo Grande, que trata da cobrança da contribuição para o custeio do serviço de iluminação pública. O julgamento, que estava previsto para ontem, será na próxima semana, mas a data ainda não foi definida.

A ação foi proposta pela Procuradoria-Geral de Justiça sob argumento de que há bitributação. Isso porque a base de cálculo da contribuição é a mesma que do ICMS. A bitributação é vedada pelo sistema constitucional.

Além disso, a ação sustenta também que não poderia haver discriminação entre consumidores o que ocore pela isençaõ da Cosip  para os que tiveram consumo mensal de energia inferior a 100 kWh.
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions