A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019

02/02/2011 17:56

TJ adia julgamento sobre lei que impede negativar devedor de serviço público

Marta Ferreira

Foi adiada, nesta tarde, o julgamento do mérito da Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) movida pela Abradee (Associação Brasileira de Distribuidores de Energia) para derrubar a lei estadual que impede a inscrição de usuários de serviços públicos, como energia elétrica, em cadastros de proteção ao crédito.

O julgamento está a cargo do Órgão Especial do TJ (Tribunal de Justiça) de Mato Grosso do Sul.

A lei foi aprovada em 2009, mas não está em vigor por causa de uma liminar concedida nesta ação. A suspensão ocorreu por causa do pedido de vistas do desembargador Rubens Bossay.

Quando ele pediu para analisar melhor o caso, o relator, Remôlo Leteriello, já havia se manifestado pela concessão do pedido da Abradee, ou seja, pela declaração da lei como inconstitucional.

O processo deve voltar à pauta na próxima sessão do órgão especial.

PF pede 90 dias para fechar inquérito sobre atentado contra Bolsonaro
A Polícia Federal (PF) pediu hoje (16) à Justiça Federal em Minas Gerais mais 90 dias para encerrar o inquérito que apura quem são os responsáveis pe...
Com 3 sorteios na semana, Mega-Sena pode pagar até R$ 27 milhões, amanhã
A Mega-Sena pode pagar até R$ 27 milhões nesta quinta-feira (17) para quem acertar as seis dezenas do prêmio. Nesta semana, excepcionalmente, como pa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions