A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/11/2010 13:09

TRF considera indevido recolher INSS sobre aviso prévio

Redação

O TRF (Tribunal Regional Federal) 3ª Região negou recurso da União e manteve a sentença que reconheceu como indevido o recolhimento de contribuição ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) sobre valores pagos a título de aviso prévio indenizado.

A Justiça entendeu que não é correto nem o pagamento pela empresa nem o desconto do empregado, segundo o presidente da Fecomércio-MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), Edison Ferreira de Araújo.

A federação afirma que 60 mil empresas de Mato Grosso do Sul serão beneficiadas com a decisão da desembargadora federal Ramza Tartuce.

Ação proposta pela Fecomércio pedia a compensação de valores recolhidos indevidamente pela União nos últimos anos, com correção pela Selic (taxa básica de juros), mas a decisão não contempla a devolução dos valores pagos

Segundo o consultor sindical da Fecomércio, Fernando Camilo, as empresas que quiserem a compensação destes valores poderão ingressar em juízo com os documentos de quitação e requerer a compensação de valores.

Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...
Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions