A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/11/2010 08:54

Vila Almeida "ganha" titulo de posto mais violento

Redação

A unidade de saúde do bairro Vila Almeida lidera em ocorrências de agressões contra profissionais da saúde em Campo Grande. No local, foram registrados 17% dos 345 relatos de violência em 8 meses de 2010.

O "título" é mais uma constatação de pesquisa feita pelo Sindicato dos Médicos, com base nos registros feitos em nove postos de saúde, de janeiro a 23 de setembro deste ano. O levantamento foi divulgado na semana passada pelo Campo Grande News.

"A Unidade 24h do Bairro Coronel Antonino está em segundo lugar na lista de agressões, com 16% das ocorrências", segundo dados do Sinmed-MS.

O mesmo levantamento mostra que as Moreninhas tem o menor índice de violência, com 22 casos registrados, ou 6,4% dos registros.

Para a população, a principal justificativa para a relação chegar a tamanho grau de conflito é atendimento ruim e falta de profissionais.

Pior caso - Em fevereiro deste ano, funcionários do posto de saúde da Vila Almeida precisaram se trancar em uma sala por conta da fúria dos pacientes que aguardavam atendimento. Cerca de 20 homens teriam participado da ocupação e quatro médicos se refugiaram do grupo.

A reclamação à época era de que a quantidade de pacientes aumentou, mas o número de profissionais permaneceu o mesmo. A Prefeitura de Campo Grande instalou câmeras em alguns postos de saúde da Capital, sobretudo naqueles que funcionam 24 horas ou que são de pronto atendimento, mas os resultados efetivos nunca foram divulgados.

Os médicos chegaram a ameaçar "demissão em massa" da rede municipal de saúde por conta da falta de segurança.

Campanha - Com os números, a entidade pretende agora reforçar campanha contra agressões a médicos, enfermeiros e guardas municipais que atuam nessas unidades e cobrar medidas que evitem esse tipo de exposição.

O primeiro ato para mudar essa realidade será no dia10 de novembro, na unidade da Vila Almeida. No dia, a campanha será oficialmente lançada pelo Sinmed.

Também foi solicitada audiência pública na Câmara Municipal de Campo Grande.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions