ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  17    CAMPO GRANDE 10º

Cidades

Vizinho diz que comerciante dava pimenta para pit bull

Por Redação | 18/06/2010 09:30

Um morador vizinho ao comerciante Fernando Jorge Paes, 44 anos, morto pelo próprio cão, dentro de casa, conta que Fernando costumava usar uma receita caseira para que o animal ficasse feroz e cuidasse da casa.

O empresário Luiz Eduardo Muniz, de 22 anos, que mora próximo à casa de Fernando, no Taquarussu, diz que uma vez ele comentou que dava leite com pimenta para o pit bull e que também costumava amarrar o cachorro para que ele ficasse bravo e cuidasse da casa, constantemente invadida por ladrões de fios de cobre.

Luiz Eduardo diz que é criador da raça há seis anos e hoje tem um animal de um ano e que nunca teve problemas porque trata os animais "com carinho" e os leva para passear, para gastar energia. A esposa de Luiz Eduardo, Carolina Lima, afirma também que sempre teve cães de grande porte e também não teve problemas.

A criação da raça é polêmica, devido ao grande número de casos de ataques. No Senado tramita projeto de Valter Pereira (PMDB-MS) prevendo a castração de machos para evitar a proliferação da raça.

Ataque

Nos siga no Google Notícias