A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


04/09/2013 09:45

A hora da verdade na rede Globo

Reinaldo Rosa
A hora da verdade na rede Globo

TIM TIM SALUTE - A dupla Lígia Sabka e Nélio Brandão auxilia poderes constituídos através de matérias veiculadas nos informativos da TV Morena. O imbróglio envolvendo empresa prestadora de serviços à Prefeitura da capital da visibilidade a que autoridades despertem para os devidos acertos. Olham com olhos de quem quer enxergar.

OBVIEDADE NO AR - No eixo Rio-Sampa aumentaram significativamente inserções de anúncios de indústrias nas redes de televisão. No primeiro semestre deste ano os recursos aplicados superaram a veiculação feita pelo comércio. No Mato Grosso do Sul, apenas duas representantes do parque industrial dizem presente nesse tipo de merchandising. Facilmente identificáveis, claro.

POR ONDE ANDA - Correto e competente jornalista Roberto Costa é mais um profissional vítima da forma estranha de dirigentes de rádio, na capital. Com as mudanças no Bom Dia Mega 94, ele foi dispensado sem maiores explicações. Ou razões.

TIME ESCALADO - Fazem parte do novo formato do informativo da Mega: Jéssica Martins, jornalista responsável pelo roteiro e apresentadora; Reinaldo Ayala e Robson Ramos, radialista, jornalista e recém formado em Direito na UCDB.

FALA POVO - "Felizmente hoje em dia temos os canais de TV fechado (sky, net e outros) para fugirmos dessa programação local. Tá fraca demais. Infelizmente nem todos ainda têm acesso a essa tecnologia (entenda-se condições de pagar), e ficam presos a esse estilo de programa pobre. As televisões deveriam sim prezar para uma melhor qualificação na programação. Ajudar as pessoas é bom, mas aí uma pessoa inocentemente se sente no dever de recompensar essa pequena ajuda, e é aí que está a jogada. Tomara que nas próximas eleições as pessoas abram os olhos". (JACSON BLANCK)

FALA POVO II - Leitora da coluna, Marlene Santos, informa que 'saiu do ar o programa do vereador e secretário Herculano Borges'. Questiona se 'foi ação do sindicato (dos radialistas) que luta por políticos fora da mídia ou coincidência'? Lúcio Maciel, presidente do Sindicato dos Radialistas informa que a medida não teve participação da entidade que dirige.

PRÓXIMOS CAPÍTULOS - Em "Amor à Vida [1]", Paloma (Paolla Oliveira) coloca Félix (Mateus Solano) contra a parede e pergunta por que ele quis lhe internar em uma clínica psiquiátrica. Já desconfiado do cunhado, Bruno (Malvino Salvador) conta para noiva que foi Félix quem teve a ideia de interná-la. A pediatra defende o irmão e alega que ele pode ter sido induzido por César (Antonio Fagundes). "Até quando você vai achar que o Félix é um santo?", questiona Bruno.

A QUEM INTERESSA O CRIME - O que pode acrescentar à história do "Fantástico", apresentar entre as suas atrações, os desafios do "Homem sem limites"? Em meio a situações interessantes, apelações são perfeitamente dispensáveis.

TÔ NESSA TAMBÉM - Na noite do mesmo dia, programa Silvio Santos, coloca no palco um homem que bebe tinta, óleo diesel, come graxa, naftalina, e outros venenos. O homem do baú sabe que tem quem goste disso.

MEA CULPA - Na segunda-feira, AS ORGANIZAÇÕES GLOBO SE DESCULPARAM POR TER APOIADO A DITADURA MILITAR DE 1964 [2]. As manifestações em junho e julho deste ano, com o povo na rua classificando-a de mentirosa e manipuladora anteciparam a atitude da emissora. A Globo disse que errou, mas não deixou de apontar o dedo para outros veículos, como a Folha de São Paulo, O Estado de São Paulo e Jornal do Brasil, considerando que não falhou sozinha.

DORMINDO COM O INIMIGO - Pedro Bial não perdeu a oportunidade de brincar com Fernanda Torres, com quem foi casado por dois anos. A atriz participou do programa "Na Moral", que debateu o tema medo. "Nossa estrela de hoje não tem medo de nada, talvez só de ex-marido chegar muito perto!", brincou o apresentador. O episódio vai ao ar nesta quinta-feira. 

 

TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...
Os bloquinhos e a cobertura local
BLOCO DE ANOTAÇÕES - Semana que antecede o Carnaval e as apresentações de blocos foram alvos de matéria na maioria das redes de TVs nacionais. Sábado...


Na minha opinião, um político que tem um programa no rádio ou na televisão é, no mínimo, uma INJUSTIÇA! Todo dia, ou toda as semanas, aparece ele, dentro da casa do eleitor, fazendo propaganda mascarada de sua candidatura nas próximas eleições. Será que ninguém pode fazer nada contra isso?
 
Eugênio de Souza em 04/09/2013 10:21:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions