A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 26 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


03/06/2013 09:15

Busca por audiência sem qualidade nas rádios

Reinaldo Rosa
Legenda: Jenifer Lopes causou frisson com roupa inadequada para programa de entrevistas em TV Americana.Legenda: Jenifer Lopes causou frisson com roupa inadequada para programa de entrevistas em TV Americana.

MEZZO MUSSARELA – Entrando na onda da audiência fácil –e suplício geral- a FM Capital foi com muita sede ao pote. Mudou a programação musical para ‘100% sertaneja’ e, durante algum tempo, obteve bons índices na preferência popular. Como essa onda musical está se esgotando, o pagode voltou a dividir os trabalhos.

MEZZO CALABRESA – Antes da emissora da av. Capital, a Mega 94 já tinha experimentado tal tipo de programação. Repensou a iniciativa e, também em queda de audiência, partiu para a atual mistureba. ‘Atira’ para todos os lados e gostos.

AONDE A VACA VAI – Blink FM faz o mesmo que as duas já citadas e, resultado, várias emissoras em busca de audiência fácil.

MUY AMIGO – Repórteres como Cláudia Gaigher, Oswaldo Nóbrega e Maruyama estão escalados para todas as matérias sobre conflitos indígenas versus produtores rurais. Shuto está muito contente com o desempenho do trio. Prometeu colete à prova de balas para o futuro.

DIÁRIO DE BORDO – A TV Morena tem farto material sobre reivindicações de tribos originárias do Mato Grosso do Sul. Registros em 2004, 2006, 2012 e 2013; todos muito parecidos entre si. Outros ainda virão, pelo jeito.

ÍNTIMO – O rádio tem grande poder de ‘sedução’ frente a público fiel –de longa data-. O aparelho parece que ‘fala’ em particular a cada dos sintonizadores. Radialistas gabaritados se comunicam com os ouvintes sem pluralizar o tratamento. “Vocês estão em sintonia...”; nunca.

XÔ SATANÁS - Daniela Mercury fez protesto contra o deputado Marco Feliciano. A cantora direcionou o discurso para o público, predominantemente GLS, e criticou, sem citar nomes, as atitudes do “tal político que não sabe respeitar o amor entre pessoas do mesmo sexo”. “Esse povo fala muito em sexo e mal sabe como é bom.

CARICATURA - Félix, o vilão vivido por Mateus Solano em "Amor à Vida", não é um sucesso absoluto. Alguns comentaristas já apontaram as inconsistências do personagem: não faz muito sentido ele roubar o próprio pai, de quem é herdeiro, ou jogar o sobrinho recém-nascido numa lata de lixo. Nem o trabalho do ator está passando incólume. Solano estaria exagerando nos trejeitos e se aproximando perigosamente da caricatura. Tony Goes

 

Programa resgata causos do futebol regional
CONTA OUTRA – O futebol sul-mato-grossense – graças a alguns – vive na história do torcedor local. Jogadores, dirigentes e técnicos estão no ‘Conto d...
Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...



Tudo acontece de estranho no estado de MS e no Brasil,índios invadindo terra de proprietários que não foram indenizados ,pressionados para sair das supostas áreas que a Funai determinou que sejam repassadas aos "donos"de direito? e o governo negocia com populações de todo território nacional que agora acham que estão sendo prejudicados com a construção de usinas e outras coisas.Quando não existe planejamento o risco de errar é grande e até previsto.Salve Sergio Cruz que tem sua opinião formada e todos tem o mesmo direito, até a Igreja Católica .

 
Roberto Wolf em 05/06/2013 08:16:44
Realmente, ouvir rádio está difícil, muita propaganda, muito besteirol, muita encheção de linguiça. Foi-se o tempo em que ouvir rádio era maravilhoso. É preciso fazer uma reciclagem, gostamos de ligar o rádio do carro e ouvir boas músicas e notícias importantes. hoje é muita fofoca de personalidades da tv. Resgatar a audiência do rádio com coisas boas será muito bom. Não deixem o rádio morrer, a voz do locutor falando coisas saudáveis é muito lindo. faz bem pra alma.
 
Eracilda C Gonçalves Gama em 04/06/2013 10:43:19
Infelizmente a saída é reproduzir musicas em pen drive ou cd's porque é absurdo o intervalo dessas rádios, sem contar as musicas de péssima qualidade.
 
Danilo Matins em 04/06/2013 10:34:17
Infelizmente não tem como ficar sintonizado na FM, são 99.99% comercial, comercial, comercial.....todas elas sem tirar e nem por.....
 
gilberto da silva em 03/06/2013 23:24:26
Sugestões ALFA FM, ANTENA1.
 
marcio rodrigues em 03/06/2013 22:35:29
Difícil desatar o nó faturamento x audiência, até porque o telespectador de hoje há muito deixou de ter ouvido, trocou por penico! A minoria "culta" sofre.
 
carlos eduardo em 03/06/2013 14:53:19
Eu não ligo rádio por que ninguém merece ter de ouvir música de péssima qualidade como as que temos hoje, e ainda ter de ouvir a cada duas músicas executadas, no mínimo trinta minutos de propaganda. To fora, prefiro gravar as músicas no pen drive e ouvi-las no som.
 
Luis Carlos Espíndola em 03/06/2013 10:55:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions