A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


03/06/2013 09:15

Busca por audiência sem qualidade nas rádios

Reinaldo Rosa
Legenda: Jenifer Lopes causou frisson com roupa inadequada para programa de entrevistas em TV Americana.Legenda: Jenifer Lopes causou frisson com roupa inadequada para programa de entrevistas em TV Americana.

MEZZO MUSSARELA – Entrando na onda da audiência fácil –e suplício geral- a FM Capital foi com muita sede ao pote. Mudou a programação musical para ‘100% sertaneja’ e, durante algum tempo, obteve bons índices na preferência popular. Como essa onda musical está se esgotando, o pagode voltou a dividir os trabalhos.

MEZZO CALABRESA – Antes da emissora da av. Capital, a Mega 94 já tinha experimentado tal tipo de programação. Repensou a iniciativa e, também em queda de audiência, partiu para a atual mistureba. ‘Atira’ para todos os lados e gostos.

AONDE A VACA VAI – Blink FM faz o mesmo que as duas já citadas e, resultado, várias emissoras em busca de audiência fácil.

MUY AMIGO – Repórteres como Cláudia Gaigher, Oswaldo Nóbrega e Maruyama estão escalados para todas as matérias sobre conflitos indígenas versus produtores rurais. Shuto está muito contente com o desempenho do trio. Prometeu colete à prova de balas para o futuro.

DIÁRIO DE BORDO – A TV Morena tem farto material sobre reivindicações de tribos originárias do Mato Grosso do Sul. Registros em 2004, 2006, 2012 e 2013; todos muito parecidos entre si. Outros ainda virão, pelo jeito.

ÍNTIMO – O rádio tem grande poder de ‘sedução’ frente a público fiel –de longa data-. O aparelho parece que ‘fala’ em particular a cada dos sintonizadores. Radialistas gabaritados se comunicam com os ouvintes sem pluralizar o tratamento. “Vocês estão em sintonia...”; nunca.

XÔ SATANÁS - Daniela Mercury fez protesto contra o deputado Marco Feliciano. A cantora direcionou o discurso para o público, predominantemente GLS, e criticou, sem citar nomes, as atitudes do “tal político que não sabe respeitar o amor entre pessoas do mesmo sexo”. “Esse povo fala muito em sexo e mal sabe como é bom.

CARICATURA - Félix, o vilão vivido por Mateus Solano em "Amor à Vida", não é um sucesso absoluto. Alguns comentaristas já apontaram as inconsistências do personagem: não faz muito sentido ele roubar o próprio pai, de quem é herdeiro, ou jogar o sobrinho recém-nascido numa lata de lixo. Nem o trabalho do ator está passando incólume. Solano estaria exagerando nos trejeitos e se aproximando perigosamente da caricatura. Tony Goes

 

O adeus a um dos pioneiros da televisão em MS
AUSÊNCIAS – Na semana passada, Gilberto Carvalho Vargas, o Gibão, morreu em consequência de pneumonia e falência renal. Passou pela rede Globo, de on...
Quadro 'preso' dá oportunidade a falas oportunistas na tevê
FALANDO AO ELEITOR – No prende-e-solta da cadeia quadro polêmico de artista plástica mineira, surgem os oportunistas de plantão. O apresentador Maurí...
Entrevista na rádio ganha tom de pregação
TANGENTES – Entrevistas, realmente, não mantém expectativas de interesse do ouvintes do rádio jornalismo. Fala do deputado Rinaldo Modesto, no 'Tribu...
Celular vira 'muleta' para apresentadores da televisão
PRAGA – Telefone celular é fato que veio pra ficar –e deseducar-. Jornalismo falado e televisivo usam e abusam do aparelhinho para encher a linguiça ...



Tudo acontece de estranho no estado de MS e no Brasil,índios invadindo terra de proprietários que não foram indenizados ,pressionados para sair das supostas áreas que a Funai determinou que sejam repassadas aos "donos"de direito? e o governo negocia com populações de todo território nacional que agora acham que estão sendo prejudicados com a construção de usinas e outras coisas.Quando não existe planejamento o risco de errar é grande e até previsto.Salve Sergio Cruz que tem sua opinião formada e todos tem o mesmo direito, até a Igreja Católica .

 
Roberto Wolf em 05/06/2013 08:16:44
Realmente, ouvir rádio está difícil, muita propaganda, muito besteirol, muita encheção de linguiça. Foi-se o tempo em que ouvir rádio era maravilhoso. É preciso fazer uma reciclagem, gostamos de ligar o rádio do carro e ouvir boas músicas e notícias importantes. hoje é muita fofoca de personalidades da tv. Resgatar a audiência do rádio com coisas boas será muito bom. Não deixem o rádio morrer, a voz do locutor falando coisas saudáveis é muito lindo. faz bem pra alma.
 
Eracilda C Gonçalves Gama em 04/06/2013 10:43:19
Infelizmente a saída é reproduzir musicas em pen drive ou cd's porque é absurdo o intervalo dessas rádios, sem contar as musicas de péssima qualidade.
 
Danilo Matins em 04/06/2013 10:34:17
Infelizmente não tem como ficar sintonizado na FM, são 99.99% comercial, comercial, comercial.....todas elas sem tirar e nem por.....
 
gilberto da silva em 03/06/2013 23:24:26
Sugestões ALFA FM, ANTENA1.
 
marcio rodrigues em 03/06/2013 22:35:29
Difícil desatar o nó faturamento x audiência, até porque o telespectador de hoje há muito deixou de ter ouvido, trocou por penico! A minoria "culta" sofre.
 
carlos eduardo em 03/06/2013 14:53:19
Eu não ligo rádio por que ninguém merece ter de ouvir música de péssima qualidade como as que temos hoje, e ainda ter de ouvir a cada duas músicas executadas, no mínimo trinta minutos de propaganda. To fora, prefiro gravar as músicas no pen drive e ouvi-las no som.
 
Luis Carlos Espíndola em 03/06/2013 10:55:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions