A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 26 de Abril de 2019


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


08/04/2019 15:26

Caminhos da humanidade da informação nacional

Aletheya Alves

TALIÃO – Jornalista e radialista Carmen Cestari comentou –com propriedade- sobre retaliação da administração Bolsonaro contra principais canais da mídia nacional. Corte de verbas de veiculação publicitária emanadas do Planalto. Simples assim.

NÃO FUI EU QUE FALEI – Atos como esse mostram como caminha a humanidade da informação nacional. Aquinhoados da publicidade oficial em décadas passadas, grandes veículos da sessão ‘cartas do leitor’ o faziam com o adendo “transcrições aqui veiculadas não representam, necessariamente, a opinião do jornal”.

LÁ E CÁ – Subordinada a esquema de venda de espaços publicitários é natural que todo -e possível- anunciante receba tratamento especial da crônica escrita, falada e televisada. Desmentindo órgãos que se arvoram em ser “veículo com opinião independente”. Às favas análises mais contundentes.

CORRESPONDENTES – Jornalísticos de rádios e repetidoras de TVs de Mato Grosso do Sul contribuíram para maior politização de parte da população local. Hiato de período de simples repasse de informações do planalto central foi trocado por aplicação de recursos na criação de correspondentes das emissoras.

PONTE BRASÍLIA/MS – TV Morena foi pioneira na nomeação de correspondentes e, após pequeno tempo, rifou a função. Atualmente, o jornalista Odacil Canepa coordena equipe composta de repórter (que substituirá Renato Rosa) e o cinegrafista Francisco Diniz. Canepa ainda encontra tempo para produzir conteúdos para o ‘Canal do Boi’, do Grupo SBA.

SEM BOECHAT – Lana Canepa, oficialmente ocupando a bancada do ‘Jornal da Band’, terá novo companheiro na apresentação do telejornal. Informações dão conta que o sucessor de Ricardo Boechat será anunciado ainda nesta semana.

VC NA COLUNA – “Em 1987, trabalhei um ano em Brasília, cobrindo os trabalhos da Assembleia Nacional Constituinte, como correspondente da Rádio Caiuás, de Dourados. Fazia boletins ao vivo durante o programa ‘Primeira Hora’, apresentado pelo saudoso Luiz Rogério de Sá. No dia 11 de outubro de 1977 estava em Brasília como enviado especial do jornal ‘O Progresso’, cobrindo a cerimônia de criação do Estado de Mato Grosso do Sul, no salão Leste do Palácio do Planalto”. Valfrido Silva

ESCATOLOGIA GLOBAL – Apresentadoras Leilane Neubarth e Mônica Waldvogel cumpriram ‘gancho’ de cinco dias por comentarem vídeo postado por Messias Bolsonaro no carnaval. Ato do jornalismo da rede Globo segue orientação para “não comprometer princípios de neutralidade”. Como se isso existisse, de fato, na emissora.

PRAZO DE VALIDADE – Fiel a contratos publicitários assinados há tempos, rede Globo mantém o ‘Bem Estar’ no ar. Efetivamente ele passa para a condição de quadro no ‘Encontro’ com Fátima Bernardes e, fim dos compromissos, desaparece definitivamente.

Sufocando órgãos de imprensa nacionais
AO BATENTE – Após dez dias fora do ar, literalmente, Arthur Mário volta ao comando do ‘Jornal da Hora’, na Rádio Hora. O regra três do período, Gino ...
Dedicação de verdade é ‘ficar cego’ no Show dos Famosos
PRECISAVA ISSO? – O campo-grandense Di Ferrero deu prova de demasiada dedicação ao ‘ficar cego’ no Show dos Famosos deste domingo. O cantor usou uma ...
Censores da ditadura eram aprendizes
CALA BOCA NÃO MORREU – Ministro do STF mostra que censores da ditadura militar, colocados nas redações – entre 1964 4 1984 - eram aprendizes. Ministr...
Refém de religião, TV tem sobe e desce na audiência
BALA NA AGULHA – Antiga forma de conseguir apoios de congressistas para a concessão de emissoras de rádios foi feita com base no compadrio. Com dois ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions