ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 26º

De olho na TV

Candidato, radialista trocará microfone pela rua

Por Reinaldo Rosa | 16/07/2018 11:10

TRIBUNA PARTICULAR – O radialista Sérgio Cruz, compensa a distância dos microfones com inúmeras visitas nesta fase pré-campanha. Diretrizes do chefão do PDT, Leite Schimidt incluem a ordem geral de “não economizar e gastar sola de sapato”.

CONTROL C – Grupo de estudantes em visita aos estúdios da TV Morena avisou que “O Bom Dia MS, volta já”. Serginho Groisman agradece a lembrança.

CONTROL V – Ainda sobre jornal impresso da capital pautar matéria do jornalismo da TV Morena sobre furtos de fios. Pessoas entrevistadas pela emissora de TV eram, também, as mesmas que deram depoimento ao jornal.

COMPROMISSO COM A NOTÍCIA – Radialista Jorge Antonio Salomão, na década de 70, era prefeito de Dourados, eleito graças à popularidade do programa ‘A Bronca’. De vez em quando voltava ao microfone de sua ‘Rádio Clube’ para “descer a lenha” no prefeito. Que era ele mesmo. História dos bastidores da comunicação na terra do ‘seu’ Marcelino.

EVANGELHO SEGUNDO LUCAS – Lucas Corrêa, misto de radialista, emprestador de dinheiro -digamos assim- e locutor de rádio tem a estranha mania de fazer autoentrevista. E não explica como sua ‘Rádio Harmonia’, com concessão para funcionar em Rio Brilhante, opera a partir de estúdios em Dourados.

VOLTEI PRA REVER – Defender o indefensável; justificar críticas aos novos companheiros e outros incômodos. Decisão final e oficial: José Luiz Datena preferiu saltar do barco em direção ao Senado por São Paulo. Sua tribuna é outra.

MOBRAL – “Então a gente não vai conseguir estrear amanhã”. O cantor-político Netinho anuncia (a ameaça). Volta ao ar na Band com o paternalista ‘Dia de Princesa’. Dramalhão mexicano ganha banho de loja.

DÁ UM TEMPO Contrariando raciocínio sobre radiojornalismo local, TV Globo anuncia ampliação de espaço em seu jornalismo. Crescimento de pessoas circulando pelas cidades durante as madrugadas, o ‘Hora 1’ passará a ter três horas de duração, a partir de agosto.

NEYMAR E ROLAR – São incontáveis os comentários de cronistas esportivos –de rádio e TV- (e nas redes sociais) sobre a atuação do camisa 10 de Tite, na Copa da Rússia. O mais leve decreta que ele nunca será eleito como o melhor do mundo.

PREPARADA – Larissa de Macedo Machado, no ar desde 2013, com grande repercussão dentro e fora do país, a moça deixou Fátima Bernardes para trás. Em termos de cachê publicitário, há empresas que pagam R$ 4,5 mi para ter sua imagem atrelada a produtos. Vai fundo Anitta.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário