A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


12/12/2012 08:50

Futilidades e alienações: mais um campeão de audiência

Reinaldo Rosa

ALIENAÇÃO EM REDES – Abordagens sobre televisão em Mato Grosso do Sul passam, necessariamente, pelos programas criados pelas matrizes Globo, SBT, Record e Band. Em níveis regionais as repetidoras, em sua maioria apenas ecoam o que aquelas produzem. O Brasil, cantado em prosa e verso como possuidor de uma das melhores televisões do mundo, não sai de patamares medíocres na área de educação.

ELA POR ELA - A cada ano a televisão cresce em tamanho: temos até uma de 56 polegadas. Em HDTV e/ou 3D podemos ver a alienação em suas cores mais nítidas. A alta tecnologia não consegue esconder a burrice e futilidades escancaradas no ar das programações. Jogam tudo na audiência pela audiência.

MEA CULPA - Por responsabilidades outras, a educação não mostrou progresso e qualificação no corpo docente nem incentiva a que jovens tenham empenho nos bancos escolares. A classificação do ensino do país é pífia em relação ao resto do mundo; ser penúltimo é tão humilhante quanto último. A comunicação televisiva tem, sim, sua parcela de culpa neste processo.

EMBUTECENDO - As redes de TVs, por mais avançadas em tecnologia, não conseguem fazer com que parte de espectadoras e espectadores saibam distinguir entretenimento com informação. Se telenovelas e programas de auditório fazem parte da grade de programação, mereceriam maior destaque os noticiosos, entrevistas, reportagens, etc.

GARANTIDO - Fazer turismo através das criações de Glória Perez é econômico, mas alienante. E repetitivo. Conhecer costumes de outros povos é bom; conhecer os nossos é ainda melhor. Só que não é essa qualidade de educação que se espera dos governantes. Japão e Coréia se reergueram no pós-guerra em menos de 50 anos. E redes de televisão preocupam-se com audiência em detrimento do esclarecimento.

CHACRINHA CONTINUA - A ditadura militar manteve ridículos censores nas redações dos principais jornais – e não tão – pelo Brasil afora. Lamenta-se que, em tempos de democracia, a imprensa exerça o papel do Estado em educar o povo através da informação. E com a preguiça do brasileiro pela leitura, temos o que temos hoje; seguidores de Elianas, Gugus, Ratinhos, Faustões e o paternalista Luciano Huck.

MÍNIMO ESSENCIAL - Sites e jornais impressos ganham projeção perante o público porque dão ênfase ao que se passa na cidade; no estado; no país e no mundo. Por outro lado também têm suas editorias de acontecimentos sociais; fofocas de celebridades e diversão. Na medida certa; em menor escala.

FUTURA - No mundo do pão e circo, da Rede Globo, temos Globo Educação, Globo Ciência, Globo Ecologia, Globo Universidade e Ação. Esse mix de educação vai ao ar entre 6h03min e 7h30min, aos sábados. Acorda menina. Se puder.

BAILE NA FORMATURA - Sem um modelo eficiente de educação oficial e redes de comunicação aplicando em programas que proporcionem audiência, temos, nas escolas e universidades, um treinamento e formação de futuros medíocres profissionais. Vide exames das OABs e Associação Médica de São Paulo com suas altas taxas de reprovação aos formandos de referidas categorias.

MALAS E BOLSAS – Que não se crie Bolsa Escola Para Reprovados no Exame da Ordem.

UMA BELEZURA – ‘14 851 reclamações sobre serviços de prestadoras de TV por assinatura foram registradas em julho de 2012. As reclamações tratavam de questões na cobrança dos pagamentos e à demora no cancelamento de assinaturas (16,4%), além de falhas no aparelho ou na transmissão”. Beirando os 200 milhões de habitantes, o país possui 15,7 milhões de assinaturas de TV. Fonte: revista Veja.

FIO DA NAVALHAPrograma do Ratinho: a dúvida entre baixar e aumentar o nível.

A QUEM POSSA – Na promoção do SBT MS, domingo, na Esplanada Ferroviária, o apresentador Tatá Marques informou que ganhou ‘o maior presente’ com um instituto de pesquisa informando sobre a liderança de O Povo na TV na cidade. Também soltou a pérola de que ‘o apresentador do SBT de São Paulo se disponibilizou (sic) a vir até aqui, hoje”.

Programa resgata causos do futebol regional
CONTA OUTRA – O futebol sul-mato-grossense – graças a alguns – vive na história do torcedor local. Jogadores, dirigentes e técnicos estão no ‘Conto d...
Público dando um show no futebol de MS
QUEM NÃO AJUDA – Domingo de ‘Comerário’ no Morenão. Se dependesse apenas dos torcedores, o futebol de Mato Grosso do Sul teria vida longa no cenário ...
Caso da primeira-dama hackeada passou batido
EMPODERADO II – Talmir Nolasco, outro personagem histórico do rádio de MS, ‘deu um tempo’ aos microfones. Depois de atuar na campanha eleitoral do PS...
Rádio local disputa espaço com futebol na TV fechada
EMPODERADO – Personagem da história do rádio sul-mato-grossense, Nivaldo Mota atualmente dedica o talento em outras ondas. Em tempo real, entrevista ...



...Lembro daquele filme sugestivo: "idiocracy". Vale à pena assistir, parece que o futuro é aquele...
 
sarita souza em 13/12/2012 15:33:22
Gostei do seu post, na medida dos acontecimentos. Agora esse problema de alienação é psicológico e esta afeto a cada individuo, portanto de difícil solução. É coisa interna e sabemos que esses problemas não se resolve com conversa...é preciso mudança de mentalidade individual. Porém, acho que você captou o espírito da coisa como ela é, e esperamos que as pessoas compreendam que esse comportamento só beneficiam os poderosos e não ao país! Parabéns!
 
Vicente de Paula em 13/12/2012 09:08:31
Meus parabéns por seu comentário e espero que em breve alcancemos um nível no mínimo aceitável nas programações da TV aberta deste país. Fico pensando que deveria ser proibida a repetição de um mesmo filme mais de uma vez ao ano, na mesma emissora, por exemplo. É uma vergonha o que fazem com nossa população menos favorecida e o pior de tudo é que o povão nem se dá conta de que quase tudo que consome na telinha é lixo. Resultado, todos estão contentes com o que tem, afinal não provaram nada melhor que isso. Como sempre: "pão e circo".
 
Wagner Siqueira Gonçalves em 12/12/2012 10:30:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions