A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2019


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


21/06/2017 14:47

Grupo Acaba vive, mesmo fora da mídia

Reinaldo Rosa

ESTAMOS JUNTOS – Mesmo ausente da grade musical da maioria de emissoras de rádios e retransmissoras de TVs locais, o Grupo Acaba vive –e sobrevive-. Resultado de trabalho pautado por riqueza de letras vem aí –em alto e bom som- DVD em comemoração ao meio século do Grupo.

VER E OUVIR - Secretaria Estadual de Cultura está à frente da produção e divulgação do trabalho do Grupo. Várias localidades de Mato Grosso do Sul foram registradas em imagens fotográficas e em vídeo pela equipe da Render Brasil Produções, de Campo Grande.

EM FESTA – Protagonista do rico cancioneiro sul-mato-grossense Lenilde Ramos aniversaria hoje cercada de amigos e com motivos para comemorar. A falta de atenção fica por conta da mídia local que segue em busca de audiência através da mesmice. Cumprimentos da Coluna.

EM FESTA II – Calcando sua vida pelo respeito ao próximo e muito amor à sua origem territorial, ‘Doutor Wilson’ também comemora sua data natalícia hoje. Espaço pequeno para dizer algo sobre personagem de tão grande.

SINAL DOS TEMPOS – Jovem universitária ouvia músicas internacionais escrevendo a letra original para, em seguida, fazer as respectivas traduções. Detalhe da riqueza cultural proporcionada pelo rádio. Em tempos que não existiam Google e WhatsApp. Lógico.

LUZES, CÂMERAS – Rede Globo deu mais uma mostras de seu poderio econômico e tecnológico com o novo cenário do ‘Jornal Nacional’. O tradicional informativo dispõe de 189 postos de trabalho moldurando as notícias com reluzente jogo de raios lazer.

POUCA AÇÃO – Na noite de apresentação do novo local faltou renovação no noticiário comandado por Willian Bonner. Reprise dos jornais que o antecedem e aquela marcação manjada em cima de Michel Temer e sua camarilha. Nada de novo nas informações.

VC NA COLUNA – “Dentro dessa reflexão sou feliz por ter bem mais de quarenta anos e poder ter ouvido, cantado e dançado as músicas que perpassaram minha infância, adolescência e juventude bem como algumas de hoje também. No quesito "oportunidade de ser ouvido e de ouvir", concordo que estamos longe de uma equidade que faria bem a todos. Parabéns por falar disso em sua coluna: denuncia a carência e estimula a ampliação dos meios regionais e globais para nosso deleite e a sobrevivência dos bons artistas desse Brasil!”. Yara Garcia Paoletti Cunha – São Paulo

VC NA COLUNA II - “Este teu comentário sobre o pouco espaço dado ao Paulo Simões e sua obra genial nas rádios eu fiz aqui (no FB) logo após o lançamento do DVD do Paulinho. É uma lamentável verdade amigo Reinaldo”. Maurício Pinto Hugo

VC NA COLUNA III – “Enlatados, modismos. Difusão de descartáveis sem compromisso com a formação da pessoa, também da valorização de talentos e expressões culturais da nossa terra, do nosso povo. Pouca responsabilidade é envolvimento com o relevante papel da Comunicação Social. Lástima!”. Ramon Brizueña Aniz

VC NA COLUNA IV – “Mais uma vez externar os meus parabéns ao titular da coluna De Olho na TV, Reinaldo Rosa que, a exemplo das outras vezes, demonstrando muito conhecimento ao assunto que se propôs abordar e o faz com extrema competência, além da lisura quanto ao trato da língua portuguesa. Gosto muito de ler a mesma, pois acima das informações é ainda, uma verdadeira aula da língua portuguesa e de um amplo conhecimento sobre a cultura regional e nacional. Parabéns!”. Gilson Giordano

Grupo Acaba vive, mesmo fora da mídia
Odilon viu em Cesare Batistti um terrorista
PREZADO AUDITÓRIO – A ‘Grande FM 92’ realiza no próximo dia 26 programa inédito no Teatro Municipal de Dourados. Mega estrutura para atração de rádio...
Programação e expediente de veículos mudam neste 2019
PONTO DE ENCONTRO – O ‘Brasil Urgente - 2ª Edição’, na TV Interativa voltou em grande estilo com Keliana Fernandes. Com bordões próprios de programas...
Rádio não tem mais vez nem na universidade
PONTO DE ENCONTRO – O 'Brasil Urgente - 2ª Edição', na TV Interativa voltou em grande estilo com Keliana Fernandes. Com bordões próprios de programas...
Emissoras sem credo político ou religioso
REGRAS DO JOGO - “Sem credo político ou religioso...” é condição imposta em concessão pública, como emissoras de rádios e TVs. Observação importante ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions