A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


17/06/2016 10:52

Imposição laica na comunicação inexiste em MS

Reinaldo Rosa

BYE BYE CGR – A troca de profissionais do jornalismo da TV Morena está longe do fim. A correta Glaura Vilalba é mais uma que deixou a emissora. Optou por ficar próximo de familiares e alçou voo para São Paulo. Em definitivo.

CAIXA BAIXA – Informações de bastidores da emissora da Av. Eduardo Elias Zahran sugerem que ligações com poderes constituídos são proibidos. Empregos com a iniciativa privada são tolerados. E são reais.

DUBLÊ DE CORPO – Seguindo táticas do deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), a senadora Simone Tebet (PMDB-MS) tem –e aproveita – seus minutos de fama. Nesta sexta-feira concedeu entrevista ao ‘Jornal da Manhã’, da rádio Jovem Pan FM, de São Paulo.

– “Para quem gosta do verdadeiro programa popular, que não baixa o nível e respeita seu público, o ‘Balanço Geral SP’ é um prato cheio”, segundo Gabriel Vaquer, que escreve sobre mídia e televisão há vários anos.

E CÁ – Em Campo Grande, o ‘Balanço Geral’ segue a via inversa do original paulista. Assumindo o popularesco como meta, a atração continua na busca incessante de, ao menos, se aproximar dos índices de congêneres concorrentes do horário.

SERÁ? - Existe possibilidade do SBT se aliar à Globo e transmitir o Campeonato Brasileiro 2016, já está em andamento, segundo Flávio Ricco, do Uol. Na década de 1990, o SBT se destacou por transmitir torneios importantes, como a Copa Mercosul e a Copa do Brasil.

ESPAÇO DA SACOLINHA - A Agência Nacional de Cinema divulgou dados sobre a proporção das vendagens de horários nas redes VHF e UHF pelo Brasil afora. O estudo mostra que uma a cada cinco horas de horário de programação na TV brasileira são vendidas às igrejas.

ATACAREJO – Livre de proibições contratuais com a matriz, a Igreja do Bispo Romildo Rosa Soares, faz do SBT/MS veículo de suas pregações dizimistas em grande escala. Sem nenhum horário vendido, o SBT/SP, não adota esta prática na cabeça de rede e nem pensa em fazê-lo.

NA REDE – Inédito no Brasil, a considerar o fato de um mesmo grupo religioso deter a administração de duas retransmissoras de redes de TV concorrentes. Às favas os escrúpulos com o fator laico da comunicação.

Comércio local fora do horário nobre
DE BRISA – TV Morena continua com tabela de preços discricionária em sua grade publicitária. No horário nobre não existe veiculação significativa de ...
TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions