ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  11    CAMPO GRANDE 29º

De olho na TV

Marçal de Souza, deve se revirar de raiva no túmulo

Por Reinaldo Rosa | 11/03/2019 14:39

OPS – Grande líder guarani, Marçal de Souza, deve se revirar – de raiva - em sua tumba. Frequentemente ele é citado em reportagens envolvendo seu xará, o tucano deputado estadual Marçal Filho. A barriga mais recente nesse sentido foi protagonizada pela jornalista Cristiany Pazeto, do SBT.

MAIS CONTEÚDO - ‘Giro do Esporte’, na TVE Cultura mostra a que veio; passa a ser transmitido diariamente, de segunda a sexta-feira, a partir de 12 horas. Eva Regina informa que “o que rola no esporte de MS” também pode ser visto em repeteco do programa às 17h45min.

TEM LADO – “Se hay gobierno, tô dentro”, mote preferido de Alexandre Garcia não agradou à direção da rede Globo e o moço foi devidamente rifado. Na solidão do estúdio em suas gravações de mensagens para emissoras de rádio, elabora textos indefensáveis de atitudes nada republicanas do principal mandatário do país.

É O CARA – Garcia defendeu o messias presidente em sua afirmação segundo a qual “a democracia depende da vontade dos militares”. Buscou citações de forças armadas de diversos países que corroborariam a fala presidencial. Só faltou as regras do Exército de Brancaleone.

TURMA DA MÔNICA – Pesquisas dos mais diferentes campos marcam, como sempre, o ‘Dia da Mulher’. Poucos são os dados que colocam a mulher no devido –e merecido- lugar que deveria ocupar. No item do tratamento desumano e trágico mostra a inocuidade dos anuais levantamentos feitos pela imprensa escrita, falada e televisada.

CLUBE DO BOLINHA – Considerável universo masculino avalia a mulher como sua propriedade. Conhecidas tragédias não seguram a sanha de maridos abandonados, exibidas diariamente por jornalísticos radiofônicos e televisivos.

MULHER COTA – Legisladores, na arte de “valorização e empoderamento feminino” criaram a cota –de 30%- para mulheres em disputas eleitorais. Políticos presidentes –e donos da chave do cofre- de partidos mostraram, na prática, a decantada ‘valorização’.

DEMOROU – Nova direção de jornalismo da Rede Record atua favoravelmente para maior aproximação com o Planalto central. Jornalismo independente na internet –sempre contra Bolsonaro- colocou Paulo Henrique Amorim na marca de pênalti. Já tem substituto agendado.

DA HORA - Marcelo Nunes, Dr. Mikimba, Carlos Araújo, Felipe Gotardo e Viviane Krajewski formam o quadro do ‘Jornal da Hora’, da Rádio Hora. Sob comando de Arthur Mário, aos poucos, o informativo conquista espaço esperado pelos loucos por notícias.