A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Maio de 2019


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


22/03/2019 09:00

Músicas orquestradas ainda vingam em rádios?

Reinaldo Rosa

GRANDE ABC – Na região do ABCD (Santo André, São Bernardo, São Caetano e Diadema) uma emissora de rádio em sua fase de ‘caráter experimental’ programou somente músicas orquestradas. Já a partir desta iniciativa e após o citado período permaneceu por longos anos como a emissora líder de audiência em São Paulo.

O BOM SE REPETE – O fenômeno de campeã de audiência –como ‘experimental’- pode se repetido em terras campo-grandenses. No quieto, emissora em suas primeiras andanças operacionais, ganha destaque na preferência de considerável parcela de ouvintes apreciadores de sons dos anos 60, 70, 80 e 90.

FROM GOOGLE – Em atendimento a questão levantada por leitor deste espaço, e rápida consulta ao mestre Google foi veiculado o nome ‘do dono’ da emissora prefixo 107,1. O mistério está desfeito. Trata-se de nova FM com ligações umbilicais com a TV Morena.

DIRETO DA FONTE – A informação à coluna foi repassada por fonte que acredita na fidelidade da “fidedigna de crédito” de quem a repassou.

MEXE-SE EM TIME QUE ESTÁ GANHANDO – A coluna acusou o marasmo de empresários da comunicação que sempre apostaram na mesmice como forma de buscar audiência fácil. Com a migração de emissoras da faixa AM para FM aumentou o número de emissoras e, finalmente, percebe-se a segmentação radiofônica tão necessária aos ouvintes e ao mercado publicitário. Ufa.

CRESCIMENTO DO PIB – Empresários da comunicação exultam a melhor distribuição de verbas publicitárias – oficiais e privadas- graças à mesma faixa de FM em que as emissoras foram colocadas. Estratégias de marketing aliadas à melhoria –e diversificação-das programações tornaram a concorrência mais justa.

DESCOBERTA DA RODA – Sem maquiagem o jornalismo e ex-patinho feio das programações de rádio guaicuru ganha, cada vez mais, destaque na maioria das emissoras. No período de seis às oito horas o radiojornalismo impera no dial da capital. Audiência total. Ave Pimentel e Escaramuça.

VC NA COLUNA - “A Lívia Machado não apresenta o ‘Jornal das Seis’, na rádio Globo (Campo Grande), junto com o Joel Silva e o ‘Jornal da Educativa’, na 104 FM? Isso é ético? Se ela é concursada (no governo do Estado) tem que sair do privado. Isso acaba com a concorrência. Aí as rádios não são para os ouvintes e sim para os donos das emissoras. E todo mundo aceita; os sindicatos e o Ministério do Trabalho não fiscalizam as rádios e TVs?. Francisco Baccaro – Ribeirão Preto (SP)

ALÔ CARLOS COLMAN - “Caro Reinaldo Rosa, a FM Independente 90,9MHz, de Aquidauana, toca em sua programação diária os artistas da terra, de Mato Grosso do Sul. Aliás, eles têm prioridade na nossa grade. Caso ainda não tenhamos a música, peço por meio da sua coluna que os cantores e conjuntos etc. enviem (CDs) para a emissora. Obrigado. Abraços firmes e fortes, com saudações pantaneiras”. Armando Amorim Anache

VC NA COLUNA III - “Passando para parabenizar a lembrança do grande Edgar Lopes de Farias. Uma página importante do rádio sul-mato-grossense”. Ely Leal – Primavera do Leste (MT)

PENETRA – Conselheiro da binacional Itaipu, Carlos Marun não perderia oportunidade de aparecer em rede nacional. Foi dar ‘apoio’ ao ex-chefe –agora presidiário- e receber os holofotes da Globo e demais redes. Ala tchê.

ANOS DOURADOS – Rede de cinemas de Campo Grande; Alhambra, Rialto, Santa Helena, com suas trilhas. Tardes de domingo no Suriam, Libanês; discoteca do Cruzeiro, Boate do Rádio Clube, etc. Este é o pacote musical do ‘Encontro de Gerações’, com Ciro de Oliveira, na 104 FM. Imperdível.

Aposentaram tradicionais nomes da publicidade
FESTA DO INTERIOR – A 23ª edição do ‘Prêmio Morena de Criação’, da TV Morena, mostrou que tradicionais nomes da publicidade de MS estão aposentados. ...
Redes sociais denunciam falta do esporte no rádio e TV
PIORES CEGOS – O texto-reconhecimento do jornalista corinthano Edson Moraes sobre o Palmeiras provocou inúmeros comentários. Sem tomar partido dos me...
Ator diz que personagem “morreu” por perder contrato
RACISMO? - Em vídeo publicado no Instagram, Nando Cunha refuta a versão do SBT de que a morte de seu personagem já estava prevista na sinopse do folh...
Informativos “pasteurizados” no dial e na telinha em MS
BRAZUCA GOZADOR – Departamento de esportes da Rede Globo não atentou para mania nacional de azucrinar temas importantes. Desculpas esfarrapadas não c...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions