A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


23/06/2017 11:56

Na internet, grupo Acaba tem audiência cativa

Por Reinaldo Rosa

MIOPIA – 66 curtidas, dez comentários, oito compartilhamentos no Facebook, incontáveis visualizações neste site Campo Grande News. Nota da coluna sobre Grupo Acaba dá pequena mostra do contingente de apreciadores de músicas regionais de qualidade. Emissoras de rádio teimam em esnobar este público.

QUEM SABE – Radialista fora de combate no dial, empresário dá singelo parecer sobre atuais emissoras de rádio de Mato Grosso do Sul. Nivelamento das programações –com ausência expressiva dos chamados 'Prata da Casa'- demonstra falta de conhecimento musical "da turma de hoje no ar".

COERCITIVAS – O programa 'Tribuna Livre', na Capital FM, estreou nesta sexta-feira espaço para debates sob a (infeliz) denominação "Cospe Fogo". O deputado federal Zeca do PT não compareceu aos estúdios da emissora para um debate com o também parlamentar federal Carlos Marun (PMDB) e sua assesssoria de imprensa alegou incompatibilidade de agenda. Foi duramente criticado pela anfitriã Carmem Cestare.

ZOEIRA – Dois minutos e 20 segundo de 'barba, cabelo e bigode' no tradicional e respeitado 'Tribuna Livre'. 

CALMA CARMINHA – La Cestari comentou ausência de Zeca do PT no encontro marcado com o deputado Carlos Marun. Em seu 'editorial' mostrou que tem lado e que preza cumprimentos de compromissos agendados; aconteça o que acontecer.

FROM SAMPA – Nova fase do rádio esportivo sul-mato-grossense; se tem jogo do campeonato de nacional futebol tem transmissão na FM daqui. Agora na faixa de FM, a Difusora Pantanal aem cadeira cativa nos estádios. São Paulo e Fluminense em campo e no áudio neste domingo.

VC NA COLUNA V – "A programação empastelada das rádios é um claro sintoma da necessidade de conseguir anunciantes, que os arrendatários de rádio possuem no Brasil. Na ânsia de conseguir ibope (em pesquisas fajutas e viciadas) os arrendatários se rendem ao modismo imediatista. E tome Breganojo. O Grupo Acaba é das mais brilhantes, geniais e talentosa geração de músicos reunidos para mostrar a cultura pantaneira do MS. Carlos Colman, Alzira, Tete, Jerry, Celito, Figueiredo. Dava pra fazer uma lista telefônica com as dezenas. Mas é preferível o "tchê, tchêrê-tchê...Tchê...Tchê". O Problema não é o público; não são os profissionais. O Problema é o dono, o culpado. Nas poucas emissoras que ainda podem explorar o filão milionário da cultura e do bom gosto, falta o talento criativo, a comunicação bem feita e um gerenciamento para atingir o grande público". Ely Leal – Primavera do Leste – MT

"Arte é isso aí. Não pode ser imposta. Tempos gostos, ouvintes são outros". Acir Alves

"Excelente análise e texto. Moacir Saturnino de Lacerda

"A gente colhe o que a gente planta. Acredito que falta um pouquinho mais de divulgação, a turma do rádio de hoje em dia tem pouco conhecimento musical". Doni Merlotti

"Parabéns, Reinaldo Souza Rosa. Sempre preciso nas análises da nossa decadente mídia tradicional". Júlio Cotting

TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...
Os bloquinhos e a cobertura local
BLOCO DE ANOTAÇÕES - Semana que antecede o Carnaval e as apresentações de blocos foram alvos de matéria na maioria das redes de TVs nacionais. Sábado...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions