A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


19/01/2015 10:25

No ar, comunicação da falência de programas esportivos

Reinaldo Rosa
Charge lembra ataque a jornal francês (Acir)Charge lembra ataque a jornal francês (Acir)

FUTEBOL NA MORENA – O apoio da TV Morena ao campeonato de futebol sul-mato-grossense está confirmado. Com produção requintada, anuncia a atração esportiva que poderia motivar volta do torcedor aos estádios.

FUTEBOL NO RÁDIO – Em ação conjunta com Marcos Antonio Silvestre, Ramão Cabrera informou decisão de “não transmitir o campeonato estadual de 2015”. Cronistas esportivos obrigados a “viajar para Nova Andradina e Rio Brilhante, três vezes por semana é inviável financeiramente”, avaliou na ocasião.

QUEM QUER? – As contradições da comunicação comprovam razões da ausência de torcedores nos estádios (e falta destes). Estádio Pedro Pedrossian transformou-se em mausoléu para quedas livres de desafortunados da vida. Ótimos profissionais da crônica esportiva do Estado ficam sem palco para mostrarem o muito que sabem.

NA ESPERA – Programações locais nas repetidoras de TVs do Estado continuam no mesmo banho maria. Promessas anunciadas por gestor da igreja que comanda a TV Guanandi não se concretizaram até o momento. Entrevista das ‘próximas atrações’ está gravada para conferir.

AO CONTRÁRIO – Programa nacional, de real interesse do espectador regional, é trocado por atração local de interesse privado e muito pequeno, diga-se. Não tente entender.

CULTURA EM SAMPA – Pequeno período de férias em São Paulo resultou em constatações frustrantes. Exposição de artista plástico francês provoca filas de, até, cinco horas de espera; e o público não reclama e aguarda. Em Campo Grande, 1% dor orçamento aprovado para setor de cultura vira ‘caso de polícia’.

FILHOS DA PAUTA – Na capital paulista e cidade como Sorocaba, sentimentos de ‘saudade’ da colcha de retalhos presente nas ruas de Campo Grande. O item referente a “via asfaltada’ presente no IPTU da cidade Morena deveria ser desconsiderado da referida taxa anual. Com raríssimas exceções Campo Grande não tem ruas pavimentadas.

AINDA JE SUIS CHARLIE – Publicitário e autor de revistas em quadrinhos, Acir Alves, ilustrou mensagem referente atentado aos chargistas do Charlie Hebdo.

NADA SE CRIA – Desde a ‘Dança dos Famosos’ –atração importada- o ‘Domingão’ de Fausto Silva, procura colocar artistas em ação em suas atrações. ‘Ding Dong’ é o som do gongo da maior desfaçatez da equipe de produção; cópia barata do ‘Qual é a Música’, há muito tempo colocada no arquivo morto do Homem do Baú.

CONVIDADO VIP – “Na Globo, falam que o Téo Pereira de "Império" vai parecer um machão, perto do que fará Rainer Cadete em "Verdades Secretas", próxima novela das 11. O papel dele é de um gay bem afetado, caçador de modelos para a agência que serve de cenário para a trama, e que tem o hábito de procurar os parceiros sexuais pela Internet”, informa Flávio Ricco, no Uol.

Radiojornalismo parado no tempo e no espaço
VERDADE DE CADA UM – Radiojornalismo de Campo Grande parou no tempo e espaço; grade criada – há tempos por alguns – não abandona a rotina. Loucos por...
Mudança da faixa AM para FM agita mercado radiofônico
MUNDO PEQUENO – Com o ‘estreitamento do mundo’ pela internet, sucessores de rádio de Campo Grande dirigem a emissora a partir de cidade americana. Mo...
MS no Rádio ajuda emissoras na cobertura oficial
NAS ONDAS DO RÁDIO – O projeto ‘MS no Rádio’ – com estúdio sediado na Secom (Subsecretaria de Comunicação) – divulga ações e serviços do Governo do E...
Diploma não supera talento do pessoal 'das antigas'
VEJA BEM – Maioria esmagadora dos comunicadores do Brasil surgiu em consequência do puro – e reconhecido – talento de quem se atirava na comunicação....



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions