A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


23/09/2016 15:07

Notícias pessimistas sobre MS continuam na mídia nacional

Reinaldo Rosa

CARTA AO NONINHO – TV Morena perdia audiência para programas popularescos de outras emissoras, na hora do almoço. Solução; fazer mais pop o ‘MSTV1ª. Simples assim. A Rede MS, parece, respondeu com a mesma iniciativa: popularizar ao máximo o ‘Cidade Alerta’ local.

TOMA – Esnobando a ‘deixa’ de Marcelo Resende – que abre espaço para emissora de outras praças –, a versão regional não entra no ar, certamente, por falta de pautas locais. Irritar espectadores com cortes de matérias anunciadas por Resende é diversão preferida do jornalismo da Rede MS.

IMAGEM É TUDO – A ópera bufa do desfile de pessoas implorando o “põe na quadrada” parece mostrar o público que a atração deseja atingir. Mercadologicamente, a emissora dá grandes e consideráveis passos para trás. Não é produto de qualidade vendável a possíveis anunciantes.

NÃO CONHEÇO – Ex-prefeito NelsonTrad Filho adota a linha ‘eu sou Enéas’; pede votos para candidatos a vereadores do PTB e não cita o nome do prefeito de sua coligação. Faz de conta não saber que o candidato majoritário é o mano Marquinhos Trad. Família em Trapo no ar.

FUNK – Em nível nacional, Marcelo Resende escrachou o concurso ‘Miss Penitenciária’, promovido em Campo Grande. Apresentador não gostou do funk do deboche e desrespeito com familiares da vítima da eleita. “Fora do tom”, considerou.

DEIXA PRA LÁ – Com exibição em Dourados de candidatos a vereador de Ponta Porã, a campanha segue ao largo na cidade douradense. Estranha-se que nem mesmo os próprios candidatos não se manifestem ou reclamem direitos junto ao Tribunal Regional Eleitoral.

PACIJUS – Programa de Ajuda à Criança e ao Idoso, campanha do Tribunal de Justiça que visa resgatar autoestima de idoso, chega à reta final. Foram 639 os idosos apadrinhados em 15 comarcas de Mato Grosso do Sul e receberão kits com produtos de beleza e higiene pessoal. As entregas acontecerão na Semana do Idoso.

SEM TV – Em Paranaíba, campanha eleitoral só acontece nas emissoras de rádio. O candidato do PSDB (45) veicula produção feita em Campo Grande e seu concorrente, do PDT, tem mensagem produzida na própria cidade. Lá, o que é feito em casa, tem mais penetração junto ao eleitorado.

Comércio local fora do horário nobre
DE BRISA – TV Morena continua com tabela de preços discricionária em sua grade publicitária. No horário nobre não existe veiculação significativa de ...
TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions