A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


27/02/2013 14:01

O sobe e desce do mercado de aluguel de espaço

Reinaldo Rosa

MAGIA DO RÁDIO – Noticioso radiofônico registra constante crescimento em Campo Grande. Registre-se que, aos sábados, na falta dos tradicionais programas na faixa de FM, informativos marcam presença na área de AM –amplitude modulada.

AQUI E AGORA - Pela Rádio Difusora, o programa Bom Dia Campo, aos poucos, marca espaço na audiência da emissora. Com muito improviso (reconhecido pelo próprio apresentador) a atração é uma mistura de música, notícias, entrevistas e utilidade pública. Ressalte-se que, neste dia da semana, a classe política está –com-e à vontade para ‘aparecer’. Os reclamos da comunidade da capital têm rápida manifestação de órgãos envolvidos.

PERIGO À VISTA – A compra de espaços em rádios e repetidoras de TVs locais sempre carrega o perigo da dependência do humor dos proprietários das emissoras. Mesmo com relativo sucesso -na faixa de AM- programa será ‘rifado’ por atraso no pagamento do aluguel.

ADIMPLENTE – Diretor, preocupado com números da economia -que se sobrepõe ao conteúdo oferecido- já mantém conversações para cedência do horário a potencial e seguro locador. Mais um político. Claro.

MORFEU – Leitor da coluna opina sobre horário que o Jornal da Globo vai ao ar, pela TV Morena. Blocos de mensagens regionais poderiam ser abreviados, já que os mesmos têm a “intenção de encher lingüiça”, constata. VTs sobre Alistamento Militar, Som Livre, Copagas, Vídeo Clip da emissora (enfocando o MS) e outros colaborariam com o descanso de espectadores caso fossem veiculados em menor número na madrugada.

ECONOMIA – A audiência provocada pela liderança da rede Globo faz com que a tabela de preços de veiculação da repetidora local contenha valores proibitivos a grande camada de anunciantes do Estado. Emissoras concorrentes não reclamam da seletividade imposta pela TV Morena.

E O OSCAR VAI PARA – Publicitários acompanham com real interesse as inscrições para o Prêmio Morena de Criação Publicitária. A contida veiculação de produções do Mato Grosso do Sul faz com que antecipem opinião de vitória maciça dos colegas de Mato Grosso.

TESOURA – Deputado Felipe Orro, do PDT, em entrevista no Transnotícias, a uma simples pergunta do apresentador, respondeu com argumento próprio de um programa de governo inteiro. Se não for ‘cortado’ por quem o entrevista, político fala tanto que se perde quanto ao teor do referido questionamento.

EMPATE – Se enganou quem raciocinava que o “Encontro”, com Fátima Bernardes, derrubaria o “Mais Você” de La Braga. Desde a estreia, em maio de 2012, o programa de Fátima não conseguiu atrapalhar em nada a concorrente. Até 22 deste mês, o “Encontro” registrou média de 6,1 pontos, ante 6,4 do “Mais Você”.

DAMA DA LOTAÇÃO - Como a coluna de Keila Gimenez antecipou e a Globo negou, Sônia Braga não vai participar de “Salve Jorge”. Alega que a emissora demorou para oficializar o convite e ela acabou aceitando outro trabalho nos EUA. A Globo alegou problemas de agenda sem mencionar a dona do bloco de anotações.

Comércio local fora do horário nobre
DE BRISA – TV Morena continua com tabela de preços discricionária em sua grade publicitária. No horário nobre não existe veiculação significativa de ...
TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions