A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


27/02/2013 14:01

O sobe e desce do mercado de aluguel de espaço

Reinaldo Rosa

MAGIA DO RÁDIO – Noticioso radiofônico registra constante crescimento em Campo Grande. Registre-se que, aos sábados, na falta dos tradicionais programas na faixa de FM, informativos marcam presença na área de AM –amplitude modulada.

AQUI E AGORA - Pela Rádio Difusora, o programa Bom Dia Campo, aos poucos, marca espaço na audiência da emissora. Com muito improviso (reconhecido pelo próprio apresentador) a atração é uma mistura de música, notícias, entrevistas e utilidade pública. Ressalte-se que, neste dia da semana, a classe política está –com-e à vontade para ‘aparecer’. Os reclamos da comunidade da capital têm rápida manifestação de órgãos envolvidos.

PERIGO À VISTA – A compra de espaços em rádios e repetidoras de TVs locais sempre carrega o perigo da dependência do humor dos proprietários das emissoras. Mesmo com relativo sucesso -na faixa de AM- programa será ‘rifado’ por atraso no pagamento do aluguel.

ADIMPLENTE – Diretor, preocupado com números da economia -que se sobrepõe ao conteúdo oferecido- já mantém conversações para cedência do horário a potencial e seguro locador. Mais um político. Claro.

MORFEU – Leitor da coluna opina sobre horário que o Jornal da Globo vai ao ar, pela TV Morena. Blocos de mensagens regionais poderiam ser abreviados, já que os mesmos têm a “intenção de encher lingüiça”, constata. VTs sobre Alistamento Militar, Som Livre, Copagas, Vídeo Clip da emissora (enfocando o MS) e outros colaborariam com o descanso de espectadores caso fossem veiculados em menor número na madrugada.

ECONOMIA – A audiência provocada pela liderança da rede Globo faz com que a tabela de preços de veiculação da repetidora local contenha valores proibitivos a grande camada de anunciantes do Estado. Emissoras concorrentes não reclamam da seletividade imposta pela TV Morena.

E O OSCAR VAI PARA – Publicitários acompanham com real interesse as inscrições para o Prêmio Morena de Criação Publicitária. A contida veiculação de produções do Mato Grosso do Sul faz com que antecipem opinião de vitória maciça dos colegas de Mato Grosso.

TESOURA – Deputado Felipe Orro, do PDT, em entrevista no Transnotícias, a uma simples pergunta do apresentador, respondeu com argumento próprio de um programa de governo inteiro. Se não for ‘cortado’ por quem o entrevista, político fala tanto que se perde quanto ao teor do referido questionamento.

EMPATE – Se enganou quem raciocinava que o “Encontro”, com Fátima Bernardes, derrubaria o “Mais Você” de La Braga. Desde a estreia, em maio de 2012, o programa de Fátima não conseguiu atrapalhar em nada a concorrente. Até 22 deste mês, o “Encontro” registrou média de 6,1 pontos, ante 6,4 do “Mais Você”.

DAMA DA LOTAÇÃO - Como a coluna de Keila Gimenez antecipou e a Globo negou, Sônia Braga não vai participar de “Salve Jorge”. Alega que a emissora demorou para oficializar o convite e ela acabou aceitando outro trabalho nos EUA. A Globo alegou problemas de agenda sem mencionar a dona do bloco de anotações.

Música boa não tem vez nas emissoras de MS
QUAL É A MÚSICA – Maioria de emissoras de rádio de MS opta pela mesmice no tipo de sucessos para obter maior –ou alguma- audiência. Apreciadores de m...
Programas de TV apelam ao paternalismo
RECEITUÁRIO – Reconstrução de casas e automóveis e outras demonstrações de paternalismo na TV. Nada fora do script para quem não vê limites em preten...
Emissora da região norte muda de administração
VIRANDO A CASACA – Rádio Vale do Taquari AM, de Coxim, agora é ‘Rádio Natureza FM’. Com administração tripartite, a emissora fica na dependência dos ...
Matutino perde tom pesado e caminha para 'revista' na tv
DE LEVE – O ‘Bom Dia MS’, na TV Morena, cada vez mais, assume postura de revista light. Matérias leves predominam a editoria do primeiro informativo ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions