A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018


  • De olho na TV
  • De olho na TV

    com Reinaldo Rosa


06/05/2013 09:38

Popularescos tiveram boa audiência na semana

Reinaldo Rosa
Personsagem Cláudia Raia vai levar surra na reta final de novela Personsagem Cláudia Raia vai levar surra na reta final de novela

SÓ VAI NA BOA - O Meu Mato Grosso do Sul completou um ano no ar, pela TV Morena – em uma de suas raras apostas em programas locais. Por seu formato enxuto dirigido à cultura sul-mato-grossense, a atração ainda tem muito a oferecer às espectadoras e aos espectadores do estado.

BAU DA FELICIDADE - Sem querer sobrepor-se ao que é apresentado, Márcio de Camilo conduz o programa de forma a não torná-lo maçante e pretensioso. Música, turismo, gastronomia e arte têm enfoque que ressaltam valores esnobados pela mídia local e/ou esquecidos no arquivo morto da memória daqueles que buscam a audiência pela audiência.

TOP - Rádio 104 FM Rádio MS continua sendo a emissora que mais executa músicas de cantores e cantoras regionais. Além de programa específico na sua grade de programação.

NANICO – O recambiamento de Dhionatan Celestino para o estado – e posterior passagem pelo 7º DP, em Campo Grande - rendeu. Popularescos noticiosos de retransmissoras de TVs locais exploraram o fato com status de sensacionalismo maior de suas editorias. Maníaca busca de audiência com informações de validade  cultural nula.

ROYALTIES – Na sessão ‘eu me amo’ expressada no bizarro cenário do Picarelli e você continua o desfile de fotos muito antes e agora. Com a palavra o amigo Roberto Higa sobre uso de suas imagens registradas no tempo.

FALANDO NISSO – Autopromoção de jornalista em coluna social de jornal da capital, com o tempo, deverá entrar em processo de procedimentos mais parcimoniosos. Digamos assim.

DICA – A pioneira determinação de apostar na informação em tempo real, como fez este site Campo Grande News, pode servir de exemplo. Emissora de rádio que, aos poucos, acorda para o jornalismo radiofônico observa o período vespertino para abrir espaço para a notícia.

NON STOP – O mundo, o país, o estado e a cidade não param após os noticiosos da manhã. No já congestionado trânsito, de Campo Grande, existe público ávido por informações e aberto a um informativo ao cair da tarde – ou final de expediente-.

EM TEMPO – Além das notícias produzidas pela equipe, sites – locais e nacionais - serão de grande valia na tarefa do novo horário do jornalismo de rádio. Com a correspondente citação das fontes, claro.

JÁ SABIA – Matéria sobre mandos e desmandos acontecidos no Hospital do Câncer, de Campo Grande, teria inevitável repercussão em rede nacional. Produzida em colaboração com a equipe da TV Morena, o Fantástico acrescentou alguns detalhes ao que fora apresentado pela repetidora local da Globo.

CLICHÊ – Mais uma trama de Glória Peres caminha para seu final. Como manda o figurino –composto por gravidez; modismos, etc- aproxima-se o momento de mais uma briga que, acreditam, lavará a alma dos apreciadores de Salve Jorge; é a surra que Livia levará de Morena. As filmagens da briga estão na base do ensaio geral.

TVE tem novidade na cobertura do futebol de MS
VÍDEO MONITORAMENTO - Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Dourados instaura Inquérito Civil para investigar eventual irregularida...
Só Corumbá terá Carnaval na televisão
MAMÃE EU QUERO – Procura-se o responsável pelo apoio midiático e discriminatório do governo do Estado. Apenas a Festa de Momo, de Corumbá, foi privil...
Proposta do Grupo Zahran é notícia em Goiás
BABADO GRANDE – Fevereiro começou com grande bomba em Goiás, com os rumores sobre a venda da mais antiga empresa de comunicação local. O Grupo Jaime ...
Os bloquinhos e a cobertura local
BLOCO DE ANOTAÇÕES - Semana que antecede o Carnaval e as apresentações de blocos foram alvos de matéria na maioria das redes de TVs nacionais. Sábado...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions