ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 16º

De olho na TV

Vai começar o show de Pedro Bial

Por Reinaldo Rosa | 04/01/2013 08:26

CENA TRISTE – Mesmo contando com profissionais capacitados, jornalistas e operadores de atualizados equipamentos de HDTV, repetidoras de TVs não apresentarão nada de novo em termos de programação local. O estoque de habilitados trabalhadores da área atualmente desempregados não serão aproveitados; vícios baseados em economia e falta de ousadia serão as próximas atrações. Como sempre.

TAMUJUNTO – Para a TV Morena, do alto de sua liderança graças à Globo, tá tudo bem em relação ao assunto programação local. Para o SBT/MS e TV Guanandi, engessadas em administração de dirigentes evangélicos, nada, mas nada mesmo, se pode esperar. O foco destes dirigentes é outro.

FIO DE ESPERANÇA – Sem saber a proporção de manutenção de ações da família do competente Noninho, ignora-se o poderio –e vontade- da Rede MS aplicar em produções regionais. A contratação de jornalistas de outras emissoras do estado ficou ao sabor dos ventos da rede Record em São Paulo. Aqui, também, a parte religiosa da parceria tem grande influência –e outros objetivos-.

MERECIDAS – Em época de retrospectivas, a TV Mrena poderia anunciar um vale a pena ver de novo da Festa da Virada local, neste sábado. Todos entenderiam e o Nosso Mato Grosso do Sul não seria desfigurado em sua concepção original. Simples assim.

FRUTRAÇÃO – Matéria jornalística informa que salário ideal para brasileiros e brasileiras seria de R$ 24.000,00 e a taxa de trabalhadores que o consegue é pífia. Pode-se deduzir que a classe política do estado não tem do que se queixar. Inclui-se na minoria.

LUCROS E PERDAS – Ciente de que viverá os próximos anos à custa do rico dinheirinho da população brasileira, José Dirceu liquida despesas acessórias que o mantém fora das grades atualmente. Economizará ‘apenas’ trezentos mil reais mensais. Ave Cesar, Barbosa e outros.

VICIOSO CICLO – As acanhadas mexidas que as redes SBT, Record e Band anunciam para este ano, de pouco –ou nada- valerão frente o poderio econômico da Globo. Ante as quedas de audiência registradas em novelas, encontros e desencontros, ela acena com generosos descontos (em forma de bonificações) às agências de publicidade.
DITO - Este Site Campo Grande News repercutiu balanço final de Polícia Rodoviária Federal referente à operação do final de ano. Pelo que se viu –ou leu- os números foram bem menos trágicos que os do ano anterior (e poderiam ser melhores). As últimas medidas tomadas para enquadrarem motoristas que teimam em beber ao dirigir, foram eficazes e, alguns, se mancaram.

Integrantes do BBB 13
Integrantes do BBB 13
Ulysses Serra Neto segura o bastão da MS Record
Ulysses Serra Neto segura o bastão da MS Record

EFEITO – Somente pessoas menos afeitas a comportamentos lógicos (que respeitam o quadrado dos outros) para fazer o coquetel bebida com direção automotiva. Amplamente divulgada as novas regras do bafômetro, e os índices de acidentes nas estradas caíram. Estuda-se, a partir de agora, o que fazer com anúncios veiculados em jornais de festas que oferecem ‘open bar com vodka, whisky, cervejas, 20 tipos de caipirinhas, e outras bebidas alcoólicas’.

SUCO DO LIMÃO - Tão inevitável quanto horário político e o voto, terça-feira é dia de estréia do Big Brother 2013. Então resta ser otimista e ver o programa como a um divã, onde passam as mais diferentes e bizarras formas do comportamento de alguns humanos. A se basear pelas declarações dos participantes não se deve esperar muito. Indicado para a absoluta falta do que fazer.

MODIFICADO? - Oito participantes entrarão direto na casa do BBB, enquanto outros seis disputarão duas vagas em uma casa de vidro. Seis ex-participantes do reality entrarão depois que passaram por paredões virtuais no site do programa nos últimos meses e serão revelados na estreia do programa. O prêmio será de R$ 1,5 milhão, que serve como entrada em um apartamento ou compra de algumas cabeças de gado.