ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEXTA  12    CAMPO GRANDE 24º

Em Pauta

Na época que a eletricidade "causava sardas"

Por Mário Sérgio Lorenzetto | 22/02/2024 07:45
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

À medida que a eletricidade se tornava mais acessível, muitas pessoas achavam enervante depender daquela força invisível, capaz de matar rapidamente e em silêncio. Os primeiros  eletricistas de C.Grande foram treinados às pressas. Eram inexperientes. E foi assim que esta se tornou uma profissão para homens arrojados, sem medo da morte.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Sensação nos jornais sanguinolentos.

Entrou na moda jornais que jorravam sangue, assassinatos especialmente, escrever sobre eletricidade. Eles passaram a dar relatos completos e vividos sempre que alguém morria eletrocutado, como acontecia constantemente. Os incêndios por falhas elétricas eram comuns. As lâmpadas explodiam, sempre causando sustos e, às vezes, desastres. Era muito curioso ver que todos tinham em suas casas almofadas que funcionava como um "seguro contra incêndios", jogavam-nas nas tomadas e lâmpadas que apresentassem faíscas.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Até sardas?

As pessoas acreditavam piamente que a eletricidade era uma ameaça insidiosa. Identificaram uma série de males provocados por ela: fadiga ocular, que poderia levar à cegueira, era a mais comentada. Dor de cabeça e falta de saúde geral seriam causadas pela eletricidade. Comentava-se sobre "um esgotamento prematuro da vida",  cuja causa seria a eletricidade. Mas há algo ainda mais inacreditável, tinham convicção que as sardas surgiam devido à luz elétrica.

Nos siga no Google Notícias